Artesão japonês aplica papel washi em painéis para projeto de Kengo Kuma em São Paulo

Artesão japonês aplica papel washi em painéis para projeto de Kengo Kuma em São Paulo

De aparente delicadeza e fragilidade, o papel washi japonês é uma matéria-prima cheia de potencialidades, capaz de se transformar em resistentes revestimentos e notáveis elementos arquitetônicos. Sua aplicação à arquitetura é uma das principais linhas de trabalho do artesão japonês Yasuo Kobayashi, que há 40 anos se dedica a explorar os limites desse material produzido com as fibras da casca de um tipo de amoreira oriental, o arbusto kozo. Entre julho e agosto, Kobayashi esteve no Brasil para ensinar como produzir painéis baseados no uso desse papel.

Participaram da oficina os trabalhadores envolvidos na construção da Japan House São Paulo, centro de cultura, tecnologia e negócios que será inaugurado na Avenida Paulista, em março do ano que vem. A Construtora Toda do Brasil é a responsável por reformar e adaptar o prédio já existente ao projeto arquitetônico de Kengo Kuma, um dos mais premiados arquitetos japoneses, com coautoria do escritório paulistano FGMF. Ao lado de Kobayashi, os arquitetos visitaram a obra e conversaram com técnicos e jornalistas para explicar os detalhes da parceria.

Leia mais