Seis equipes de estudantes de arquitetura são finalistas em concurso de ideias para Museu da Criatividade

Seis equipes de estudantes de arquitetura são finalistas em concurso de ideias para Museu da Criatividade

Foram divulgadas as seis equipes finalistas do Concurso 023 do portal Projetar.org, que propõe aos estudantes de arquitetura projetar o Museu da Criatividade na região da Barra Funda, zona Oeste de São Paulo. A competição de ideias prevê a criação de um espaço social e cultural multidisciplinar voltado às artes visuais, design, fotografia, grafite, motion design, arquitetura, publicidade, entre outros.

A Equipe 023030 é formada por Henrique Lemes Lobo e Elora Abritta Moro, da Universidade de Brasília (UNB), e se destacou por utilizar “elementos extremamente originais para cumprir o programa de necessidades”, disseram os jurados. Já a Equipe 023068, composta por Filipe Gonzales Nobre Mangueira, Manoel Belisario Bezerra Viana e Caroline Gonçalves Elias, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), foi classificada por ter “uma instigante interpretação do tema do Museu, provocando muitos fluxos e encontros”.

Leia mais

Os profissionais que assinaram os projetos publicados na edição

Os profissionais que assinaram os projetos publicados na edição

Como um quebra-cabeça

Paula Otto (direita) 1 havia acabado de se graduar pela UFRGS quando começou a trabalhar com o casal de arquitetos Eduardo (centro) e Elen Maurmann (esquerda) em 2010. Eles se impressionaram com o trabalho final da recém-formada e decidiram convidá-la para se juntar a eles e criar o Arquitetura Nacional, com base em Porto Alegre. “A ideia é que todo mundo se envolva um pouquinho em tudo”, diz Paula. O grupo cresceu e hoje conta com dez pessoas além de Otto, cachorro mascote do escritório. O objetivo do Arquitetura Nacional é fazer uma arquitetura contemporânea e atemporal a partir do encaixe de elementos. Tentam evitar modismos e buscam olhar para o passado como inspiração. Também tiram proveito do contemporâneo: recorrem a softwares para passar mais tempo projetando do que produzindo gráficos. Apesar de a equipe gostar de projetar casas e interiores, está hoje focada em prédios residenciais e comerciais que se diferenciem ao máximo uns dos outros.

Leia mais