Patricia Martinez privilegia fluxos e funcionalidade em projeto de áreas administrativas de fábrica em Minas Gerais

Patricia Martinez privilegia fluxos e funcionalidade em projeto de áreas administrativas de fábrica em Minas Gerais

Coerência define a proposta de organização de uma fábrica em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte. A paleta de cores discreta desloca o foco do observador para as soluções de hierarquização de espaços, fluxos de pessoas e usos materializadas por Patricia Martinez. A unidade fabril, cujo nome e atividade não podem ser divulgados, é conhecida pela excelência tecnológica nos produtos de sua linha. Diante disso, Patricia teve de manter a coerência de suas soluções.

O PARTIDO

A arquiteta seguiu rigorosamente o programa de necessidades brifado pelo cliente. “Respeitados os usos, nossa missão era traduzir na arquitetura o caráter tecnológico que se apresentava pela empresa em questão. Dessa forma, os materiais foram escolhidos e os espaço foram desenhados a partir da premissa da amplitude de cada setor, de maneira a promover um bom desempenho de cada atividade”, explica Patricia. Segundo a profissional, foram priorizados conceitos tais quais a uniformidade de uso de materiais, a funcionalidade dos espaços, a precisão de desenho e o detalhamento apurado dos diversos elementos arquitetônicos.

Leia mais