Pesquisa de preços: vigas aparelhadas de madeira pínus

Pesquisa de preços: vigas aparelhadas de madeira pínus

As vigas de madeira reflorestada são o ponto focal do projeto de retrofit do Coletivo-rt e da arquiteta Juliana Santos, publicado na edição 275. Os veios aparentes das vigas aparelhadas receberam demãos de verniz incolor.

Leia mais

Gui Paoliello assina projeto de reciclagem de antigo galpão industrial para abrigar a sede da VideoBrasil, em São Paulo

Gui Paoliello assina projeto de reciclagem de antigo galpão industrial para abrigar a sede da VideoBrasil, em São Paulo

Antigos galpões industriais têm sido reciclados para novos usos. É o caso desta construção na Vila Leopoldina, zona Oeste da capital paulista, bairro que passa por grandes mudanças, com o surgimento de torres residenciais que vêm alterando significativamente a fisionomia da cidade.

O galpão ocupado pela VideoBrasil, instituição cultural com 31 anos de atividade, recebeu projeto de reciclagem assinado pelo arquiteto Gui Paoliello. A arte eletrônica, a videoarte e as performances de computador são os focos da empresa que necessitava de instalações adequadas para o desenvolvimento deste trabalho. A principal intervenção do arquiteto consistiu em assegurar a máxima flexibilidade ao sistema de iluminação, capaz de atender às múltiplas variáveis presentes neste tipo de uso.

Leia mais

Com pedra sabão e muxarabi metálico, Gustavo Penna inaugura Museu de Congonhas em Minas Gerais

Com pedra sabão e muxarabi metálico, Gustavo Penna inaugura Museu de Congonhas em Minas Gerais

“Todo escritor começa barroco e busca não a simplicidade, que é desimportante, mas sim uma contida e modesta complexidade.” Com essa frase de Graciliano Ramos, pode-se explicar muito da procura arquitetônica que Gustavo Penna vem refinando nos 40 anos de atuação de seu escritório. Com linhas contidas, reverência ao passado e ideais contemporâneos, Gustavo Penna propõe um museu em Congonhas, Minas Gerais, para reverenciar outro museu, a céu aberto, idealizado por Aleijadinho: o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos. O conjunto com seis capelas, um adro com esculturas em pedra sabão e a igreja no topo do morro Maranhão foi construído em meados do século 17 e hoje é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e reconhecido pela Unesco como Patrimônio Cultural Mundial. Leia mais