Prefeitura de Olinda, em Pernambuco, adota salário mínimo profissional para arquitetos

Prefeitura de Olinda, em Pernambuco, adota salário mínimo profissional para arquitetos

A Prefeitura de Olinda, em Pernambuco, publicou no dia 30 de agosto a Lei Municipal 6.005/2017 que determina aos servidores arquitetos e urbanistas o salário mínimo profissional previsto na Lei Nº 4950-A/66. A medida irá beneficiar cerca de 21 profissionais que atuam em órgãos municipais.

Leia mais

IAB-PR divulga vencedores do concurso para o projeto de revitalização da Praça Central de Guaratuba

IAB-PR divulga vencedores do concurso para o projeto de revitalização da Praça Central de Guaratuba

O Departamento Paraná do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-PR) divulgou os ganhadores do concurso para o projeto de revitalização da Praça Coronel Alexandre Mafra (Praça Central) em Guaratuba, no interior do Paraná. A iniciativa, realizada em parceria com a prefeitura e o Conselho de Arquitetura do Paraná (CAU/PR), recebeu 41 propostas.

Em primeiro lugar ficou o grupo de Florianópolis composto pelos arquitetos Arthur Eduardo Becker Lins, Felipe Cemin Finger, Vitor Sadowski, Camilla Sbeghen Ghisleni, Gabriela Fernandes Favero, Júlia de Fáveri e Laura Rotter Schmidt. De acordo com a comissão julgadora, o projeto foi selecionado como grande vencedor devido à “valorização visual e simbólica da Igreja de Nossa Senhora do Bom Sucesso” que, inaugurada em 1815, possui uma importância histórica para cidade. A proposta insere uma grelha modular por toda a praça, trabalhando harmonicamente com os conceitos urbanísticos do Século XVIII e do Século XXI.

Leia mais

Fernando de Mello Franco e Nabil Bonduki falam sobre as estratégias de sucesso do Plano Diretor e os desafios para a nova gestão municipal de São Paulo

Fernando de Mello Franco e Nabil Bonduki falam sobre as estratégias de sucesso do Plano Diretor e os desafios para a nova gestão municipal de São Paulo

ArcowebSancionado em julho de 2014, o Plano Diretor Estratégico de São Paulo se estabeleceu como um novo modelo de planejamento e desenvolvimento urbano para a cidade, com diretrizes que vão balizar os próximos 13 anos da vida na capital paulista. Os pontos principais das 10 estratégias para gerir a maior metrópole da América Latina, com seus 12 milhões de habitantes, abarcam o déficit habitacional, o adensamento na região central, a mobilidade urbana e o aumento de áreas verdes.

Logo após sua sanção, o PDE ganhou notoriedade mundial. Foi citado por Elkin Velasquez, diretor regional do Escritório para América Latina e o Caribe do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU- -Habitat), como um progresso para a cidade e exemplo a ser seguido, especialmente em relação aos temas sustentabilidade e urbanismo social. Também foi reconhecido com o MobiPrize, prêmio da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. A iniciativa premiada foi a plataforma participativa na discussão de soluções sustentáveis para a mobilidade urbana, o MobiLab (Laboratório da Mobilidade).

Leia mais