Rafael Moneo é premiado com Praemium Imperiale de Arquitetura em 2017

Rafael Moneo é premiado com Praemium Imperiale de Arquitetura em 2017

O arquiteto espanhol Rafael Moneo foi anunciado na última terça-feira (12) como vencedor do Praemium Imperiale de Arquitetura de 2017, promovido pela Associação de Artes do Japão. Na ocasião foram anunciados também os premiados nas categorias Pintura, Escultura, Música e Teatro/Cinema: Shirin Neshat, El Anatsui, Youssou N’Dour e Mikhail Baryshnikov, respectivamente.

Moneo se formou em 1961 pela Escola de Arquitetura de Madri, na Espanha, e lecionou na Escola de Arquitetura de Barcelona (1970) e na de Madri (1980). Com mais de 30 obras, grande parte distribuída na capital espanhola, o arquiteto já recebeu nove prêmios de arquitetura, como o renomado Prêmio Pritzker, em 1996, e a Medalha de Ouro do Royal Institute of British Arts (RIBA), em 2003. Atualmente, Moneo leciona na Escola de Design de Harvard, nos Estados Unidos.

Leia mais

Racionalismo, criatividade e inovação tecnológica: matérias-primas para a obra de Sáenz de Oiza, espanhol quase desconhecido no Brasil. Ainda mais expressiva que o legado da produção foi sua atuação como docente

Racionalismo, criatividade e inovação tecnológica: matérias-primas para a obra de Sáenz de Oiza, espanhol quase desconhecido no Brasil. Ainda mais expressiva que o legado da produção foi sua atuação como docente

A diversidade marcou a obra de Oiza, muitas vezes bastante discutida com relação à estética e à forma. O arquiteto colaborou com a famosa equipe Romany na construção de habitações de interesse social, entre os anos de 1954 e 1962, em distintas zonas de Madri, como Fuencarral, Calero, Batán e Entrevías. Seu primeiro trabalho foi na chamada Comisaría de Urbanismo de Madrid, no estúdio do arquiteto Manuel Cabeñes.

A concepção da arquitetura observada na obra de Oiza em muito difere do contexto geral dos arquitetos europeus contemporâneos a ele. O racionalismo, na obra desse arquiteto, integra-se de maneira significativa com o formalismo. Ao mesmo tempo, cumprindo programas muitas vezes complexos, Oiza resolve problemáticas de sítio ou até mesmo de programa de necessidades com formas puras e muitas vezes despidas de todo e qualquer rebuscamento, fugindo do clichê neoclássico. Assim, com propostas inovadoras e conceitos inéditos referentes a mecanismos de conforto ambiental e acústico, compõe um vasto hall de obras premiadas.

Leia mais