Casa Arca faz uso da montagem e encaixe de elementos metálicos por meio de parafusos em operações realizadas no solo

Casa Arca faz uso da montagem e encaixe de elementos metálicos por meio de parafusos em operações realizadas no solo

IMPLANTAÇÃO

A edificação está localizada a 10 km da charmosa cidade colonial de Paraty, em um loteamento junto à Rodovia RJ 165 e à divisa do Parque Nacional da Serra da Bocaina. O clima é tropical litorâneo úmido com verão quente entre 23ºC a 38ºC, com chuva abundante e pancadas de chuva rápidas no meio da tarde. O inverno é de temperaturas amenas, entre 12ºC e 27ºC, com chuvas de frequência moderada. Trata- -se de um ambiente de alta preservação natural de Mata Atlântica, com topografia e geologia mesosserrana, recursos hídricos abundantes, potáveis e advindos de nascentes em área de preservação permanente, e paisagens e vegetação naturais.

FORMA E CONCEITOS

A casa referencial desta edificação é a oca xinguana. Para os índios construtores Asurini, do Médio Xingu, ela é comparada ao corpo humano e se configura pela busca de forma de menor impacto. Para que a oca permaneça em pé e em equilíbrio, é preciso ter bons pés plantados no chão – forma e atributo de estabilidade da edificação projetada, com arcos metálicos de estabilização e apoiados. A oca é construída com uma porta principal voltada para a aldeia e outra secundária, voltada aos serviços. São paralelas entre si e localizadas em faces opostas. Há um elemento vertical vazado que parte do fechamento superior da cobertura e é destinado a liberar a fumaça interior. De maneira similar, a Casa Arca utilizou exaustores circulares passivos.

Leia mais

Editorial: potencializar os espaços

O projeto das Casas Gêmeas, de autoria do Zoom Arquitetura e que ilustra a capa desta edição, exemplifica como a arquitetura pode ser usada para potencializar o uso de um espaço. No terreno de um antigo sobrado, o escritório concebeu duas casas geminadas e ainda incluiu pequenas diferenças nas plantas para adequá-las a cada um dos moradores. Na Casa Barra Bonita, outro projeto desta edição, Nitsche Arquitetos em parceria com o Estúdio Trópico eliminaram obstáculos visuais criando uma residência multifuncional. A configuração permite que o espaço sirva também para abrigar eventos, ampliando literal e conceitualmente o horizonte dos proprietários, chefs de cozinha.

Leia mais

Residência tem programa definido depois de montado o invólucro, refletindo a maneira de trabalhar do autor do projeto, Marko Brajovic

Residência tem programa definido depois de montado o invólucro, refletindo a maneira de trabalhar do autor do projeto, Marko Brajovic

Experimentação, pesquisa, processo – estas são as palavras que definem o trabalho do Atelier Marko Brajovic. Para o arquiteto, de origem croata, não há diferença fundamental entre as diversas áreas de criação nas quais seu ateliê atua – cenografia, design, interiores, arquitetura: o processo criativo é o mesmo. Fundamentalmente, o que interessa a ele são os pontos de tangência entre as áreas.

A arquitetura é compreendida como estratégia de projeto, e não apenas como obra construída, objeto final e fechado em si mesmo. É por meio desse olhar multidisciplinar que devemos analisar a Casa Arca, compreendendo-a dentro de um contexto mais amplo da obra de Brajovic.

Leia mais