Projetos de nove estados brasileiros integram exposição no Pavilhão do Brasil na Bienal de Veneza

Projetos de nove estados brasileiros integram exposição no Pavilhão do Brasil na Bienal de Veneza

A Fundação Bienal de São Paulo anunciou a seleção de 17 projetos para participar da exposição Muros de Ar do pavilhão brasileiro na 16ª Mostra Internacional de Arquitetura – Bienal de Veneza, que começa no dia 26 de maio. A curadoria é dos arquitetos Gabriel Kozlowski, Laura González Fierro, Marcelo Maia Rosa e Sol Camacho.

Leia mais

Washington Fajardo fala sobre a presença brasileira na Bienal de Veneza, a necessidade de renovar os centros urbanos e as mudanças no Rio de Janeiro

Washington Fajardo fala sobre a presença brasileira na Bienal de Veneza, a necessidade de renovar os centros urbanos e as mudanças no Rio de Janeiro

A exposição brasileira na Bienal de Veneza está nas mãos de Washington Fajardo, escolhido curador do pavilhão do Brasil para este ano de 2016. Para mostrar uma produção brasileira que responda à proposta feita por Alejandro Aravena, diretor desta bienal, Fajardo quer falar da construção coletiva, em que uma comunidade ou um ativista busca soluções por meio da arquitetura – e aí entra o arquiteto. “O incômodo maior é mostrar que existe um esforço da sociedade em projetar e construir a esfera pública”, nos conta na entrevista, comparando esse esforço com a falta de relevância que o poder público tem colocado na disciplina. “Nesse sentido é uma mostra política, com projetos feitos com muito esforço e tempo, e todos acreditam na arquitetura.” Leia mais