Em detalhes: projeto do Instituto Moreira Salles em São Paulo, por Andrade Morettin Arquitetos

Em detalhes: projeto do Instituto Moreira Salles em São Paulo, por Andrade Morettin Arquitetos

No segundo semestre deste ano, o IMS (Instituto Moreira Salles) trasferirá suas instalações da Praça Buenos Aires, em Higienópolis, na capital paulista, para o seu novo endereço na Avenida Paulista, quase na esquina com a Rua da Consolação, integrando com Itaú Cultural, Fundação Cásper Líbero, Fiesp, Masp e Conjunto Nacional a paisagem cultural da avenida. Objeto de um concurso fechado, realizado em dezembro de 2011, a proposta selecionada, do escritório de arquitetura Andrade Morettin, apresenta para o paulistano leigo, à primeira vista, mais uma caixa de vidro na Paulista, enquanto para os arquitetos, uma nova e importante manifestação da arquitetura contemporânea.

O edifício está posicionado ortogonalmente em relação ao terreno, respeitando os recuos mínimos laterais, com um distanciamento maior nos fundos, quando engloba a taxa de permeabilidade mínima e ocupação máxima. A orientação do edifício não deixa de ser a mesma das demais construções adjacentes – com o recuo frontal suprimido para que a altivez tradicional fosse garantida junto à Avenida Paulista -, de certo modo integrando e reforçando a inércia visual da paisagem.

Leia mais

Escola Senai, de NPC Grupo Arquitetura, em São Caetano, SP

Escola Senai, de NPC Grupo Arquitetura, em São Caetano, SP

IMPLANTAÇÃO EM TERRENO ÍNGREME – ESTUDOS COM MAQUETE FÍISICA

Os desafios colocados para o projeto estão relacionados principalmente à topografia acentuada do terreno e ao extenso programa de 15 mil m². O lote de 18 mil m² possui duas frentes, uma na cota alta e outra 13 m mais baixa. A estratégia dos arquitetos foi usar o modelo físico como ferramenta de projeto para investigar uma implantação que conectasse as ruas em cotas distintas.

Os primeiros estudos partiram de duas condicionantes: o alinhamento da cota mais alta como acesso principal, e a preservação da vegetação natural existente. Uma passarela elevada conformou o acesso aos edifícios ligando o passeio público ao pavimento onde acontece grande parte das atividades didáticas. A implantação dos edifícios transversalmente à passarela acomodou dois blocos na cota do maior platô. No primeiro modelo 1, o bloco principal tem duas aberturas zenitais. A sua evolução resultou em quatro volumes edificados 2, intercalados por pátios que integram as atividades desenvolvidas neste bloco com o bloco menor na cota do térreo inferior. A volumetria recortada também qualifica a iluminação e a ventilação do edifício principal pedagógico.

Leia mais

Arena do futuro, no Rio de Janeiro, de Rioprojetos 2016

Arena do futuro, no Rio de Janeiro, de Rioprojetos 2016

IMPLANTAÇÃO

A Arena do Futuro está localizada na zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, área peninsular triangular na Lagoa de Jacarepaguá de aproximadamente 120 hectares (1,18 milhão m²). A Arena do Futuro fica no próprio parque com área total construída de 24.214 m², cerca de 2% da área do Parque da Barra. Leia mais