Museu da Casa Brasileira divulga vencedores do 31º Prêmio Design MCB

Museu da Casa Brasileira divulga vencedores do 31º Prêmio Design MCB

O Museu da Casa Brasileira (MCB), sob direção da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, anunciou os 54 selecionados do 31º Prêmio Design MCB, entre vencedores e menções honrosas. Nesta edição, 587 trabalhos se inscreveram na premiação.

Na categoria Construção, o objetivo era reconhecer os produtos necessários para o cotidiano de uma obra, mas que se destacassem de forma estética. O primeiro lugar ficou com a Torneira UP&Down, da CEA Design, por Marcio Kogan, Mariana Ruzante e Diana Radomysler. O segundo lugar foi para a Ducha Higiênica Despressurizada, da Deca – Duratex S.A., por Pedro Martins, Regis Carvalho Romera e Caio del Giorno Vasone. Já o terceiro lugar foi para a Coleção Escamas, da Santa Luzia, por Gabriel Freitas de Andrade, Paulo Biacchi, Marcelo Rosenbaum, Carolina Armelli e Adriana Benguela.

Leia mais

Alexandra Champalimaud Studio assina a renovação das suítes do icônico hotel The Dorchester, em Londres

Alexandra Champalimaud Studio assina a renovação das suítes do icônico hotel The Dorchester, em Londres

Com base em Nova York, o Alexandra Champalimaud Studio assina a renovação das suítes do icônico hotel The Dorchester, em Londres, da Dorchester Collection. O projeto recém-entregue inclui a reestruturação da conhecida suíte Belgravia, que tem vista para o Hyde Park. O programa de remodelação começou em 2012 e permanece fiel ao estilo inglês clássico da construção, que data de 1931.

Os novos quartos são equipados com lareiras de mármore, piso de nogueira e uma combinação de tons cinza e azul com dourado. A atmosfera reproduz o modelo ideal das residências britânicas.

Leia mais

Escultura da artista plástica Tomie Ohtake é restaurada em Santos, em São Paulo

Escultura da artista plástica Tomie Ohtake é restaurada em Santos, em São Paulo

A AkzoNobel e o Instituto Tomie Ohtake, em parceria com a Prefeitura Municipal de Santos, entregaram na última quarta-feira (9) uma escultura da artista plástica Tomie Ohtake restaurada no Parque do Emissário Submarino, Praia José Menino, em Santos, no litoral Sul de São Paulo.

O processo de restauração realizado por técnicos especializados contou com limpeza, lixamento, retoque e pintura, além da utilização de 72 litros de tinta automotiva para assegurar a durabilidade frente a variações climáticas e manter a cor rubi original da obra.

Leia mais

Arquiteto, designer, cenógrafo, Felippe Crescenti é o retrato perfeito da formação interdisciplinar da FAUUSP e há quase 40 anos carrega consigo ensinamentos de mestres como Eduardo Almeida

Roupa suja se lava em casa. Numa conversa descontraída, Felippe Crescenti falou sobre o legado da formação ímpar da FAU-USP, marcada, segundo ele, por uma ‘superficialidade típica do modelo interdisciplinar’. O arquiteto que acumula premiações nos mais variados segmentos do trabalho criativo – cenógrafo teatral e cinematográfico, expositor, designer e arquiteto – assina projetos icônicos como a megaloja da Tok&Stok na Marginal PInheiros, em São Paulo, e o Bar Astor, na boêmia Vila Madalena, também na capital paulista.

‘Generoso na composição de seus cenários efêmeros para o teatro, as festas e os eventos – em que explora com ousadia os brilhos, os contrastes, as cores e a diversidade de materiais -, o arquiteto Felippe Crescenti vai se distanciar tanto da exuberância e da dramaticidade dos recursos cênicos quanto das sisudas lições da sua escola brutalista de origem’ (Cecília Rodrigues Santos, ‘Exercícios de cenografia e projeto’, introdução do livro Felippe Crescenti, publicado em 2015).

Leia mais

Arquitetos e programadores compõem o DUS, responsável pela fabricação digital de fachada do Europe Building, em Amsterdã

Arquitetos e programadores compõem o DUS, responsável pela fabricação digital de fachada do Europe Building, em Amsterdã

As impressoras 3D e diversos setores da indústria – entre eles, a arquitetura, o design e a engenharia – vivem um início de namoro que promete ser longo e frutífero. A fabricação digital de produtos tem favorecido a liberdade dos profissionais de criação, assim como a utilização da tecnologia na modelagem de maquetes ajuda a identificar e solucionar erros de projetos que, de outro modo, seriam descobertos somente em estágios bem mais avançados da construção. Há também um campo bastante ambicioso, que diz respeito à impressão de casas e de outros tipos de edificações – em geral erguidos em algumas horas e extremamente baratos, se comparados às construções com métodos convencionais.

Leia mais

Tubulação turquesa para instalação elétrica vira destaque de projeto de espaço de coworking recém-inaugurado na Tailândia

Tubulação turquesa para instalação elétrica vira destaque de projeto de espaço de coworking recém-inaugurado na Tailândia

A onipresente tubulação turquesa que serpenteia o Hubba-to, espaço de coworking recém-inaugurado em Bangkok, na Tailândia, é a prova de que o maior desafio de um projeto pode ser transformado em seu grande trunfo. “Nós, designers, estamos sempre lutando com as instalações elétricas. Aqui, decidimos extrapolar, utilizando até mais canos do que realmente seria necessário, porém dando a eles um desenho com valor ornamental na composição do ambiente”, explicam os autores da proposta, Yupadee Suvisith e Pitupong Chaowakul, do tailandês Supermachine Studio.

A inspiração para criar a hipnotizante malha de conduítes metálicos veio do logotipo da empresa, que brinca com diversas linhas conectadas para transmitir o espírito do empreendimento: mais do que um local de trabalho coletivo, onde desconhecidos tocam seus negócios lado a lado, a ideia do Hubba-to é ser um ponto de encontro em que freelancers, artistas e empreendedores em geral possam se conectar, trocar experiências, desenvolver parcerias e, consequentemente, ampliar a rede de relacionamentos e os negócios. Tudo isso em um ambiente divertido e propício à efervescência de ideias.

Leia mais