Notícias do mundo da arquitetura

Pininfarina assina design de empreendimento de luxo em São Paulo

Cravada na Rua Leopoldo Couto de Magalhães Junior, no Itaim Bibi, em uma área de 3.400 m², a torre única do Heritage  possui 131 m de altura. Com fachada de vidro curvo, o edifício de alto padrão rompe com o estilo neoclássico e ostenta uma arquitetura inovadora e atemporal, oferecendo vista panorâmica de quase 360 graus de cada um de seus 31 apartamentos de 565 m² cada um – além da cobertura, com cerca de 1.000 m².

Assinado pela Cyrela e pelo escritório de design italiano Pininfarina, o lançamento promete fazer história. “Este projeto será um marco para a arquitetura no Brasil, pelo menos nos próximos 50 anos”, afirma Efraim Horn, copresidente da Cyrela.

Leia mais

Notícias do mundo da arquitetura

Aflalo/Gasperini entrega projetos alinhados com o plano diretor de São Paulo

Premiado no início deste ano pela ONU Habitat, o plano diretor de São Paulo, aprovado em 2014, tem inspirado bons exemplos. Alinhado com suas diretrizes, o escritório Aflalo/Gasperini entrega em agosto o projeto de uso misto Urbanity  2  . Sem muros ou grades, o empreendimento é a combinação de uma torre corporativa, com maior presença junto à Marginal Pinheiros, e uma torre residencial mais afastada, a 50 metros de distância. Detalhe: nessa área de recuo, os arquitetos projetaram uma praça de 45 m x 45 m, aberta à comunidade. Nas torres, foram usadas placas que destacam sua verticalidade. Na cobertura do edifício corporativo, essas placas se sobressaem formando um pórtico que enquadra a pele de vidro. No térreo do conjunto, a equipe trabalhou com pilotis; e os halls, a uma altura de 10 m, dão a sensação de imponência.

Leia mais

Notícias do mundo da arquitetura

Notícias do mundo da arquitetura

Estudantes da PUC Campinas vencem concurso em Veneza

Cinco estudantes da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da PUC Campinas (SP) venceram em primeiro lugar o concurso da Escola Flutuante de Artesãos  1  (Venice: Artisan School) do distrito de Cannaregio, em Veneza, na Itália. Do traço inicial feito no papel em branco até a conquista do primeiro lugar, Djuly Duarte Valdo, Letícia Sitta, Marina Nallin Violin, Raissa Gattera e Thais de Freitas tiveram como um dos maiores desafios conciliar uma escola enraizada em uma cidade conservadora com a nova geração de artesãos. “Por se tratar de um projeto para Veneza, diversas questões relacionadas ao patrimônio histórico da cidade já estavam implícitas”, relata a estudante Marina Violin.

Leia mais

Notícias do mundo da arquitetura

Notícias do mundo da arquitetura

Rio de Janeiro ganha primeiro museu dedicado ao mar

Com vista privilegiada tanto para o mar quanto para os monumentos históricos do Rio de Janeiro, o Museu Marítimo Brasileiro 1 será construído onde hoje funciona o Espaço Cultural da Marinha, no centro da cidade. Totalizando cerca de 6 mil m2 de área construída, o projeto é assinado pelo escritório carioca Jacobsen Arquitetura e prevê dois edifícios que se elevam sutilmente do chão como uma rampa – recurso utilizado para permitir o acesso dos visitantes inclusive à cobertura do museu. Leia mais

Notícias do mundo da arquitetura

Notícias do mundo da arquitetura

Transparência e informalidade na nova sede da Infoglobo

Sete anos após o início do projeto, a Infoglobo 1 inaugurou sua nova sede, na Rua Marquês de Pombal, no centro do Rio de Janeiro. Iluminado, espaçoso e informal, bem ao estilo carioca, o novo prédio integra as redações dos jornais O GloboExtra e Expresso, além de seus respectivos sites e da Agência O Globo. O arquiteto Ruy Rezende, sócio-fundador do escritório carioca RRA, é um dos idealizadores do projeto, elaborado por uma equipe de 13 profissionais.

Erguida em uma área de 4.340 m², a edificação incorporou os dois terrenos que abrigavam o galpão das antigas rotativas do jornal, além de um casarão construído em 1910. São 27.300 m² de área construída, com seis pavimentos e dois subsolos.

Leia mais

Notícias do mundo da arquitetura

Notícias do mundo da arquitetura

Megacondomínio de uso misto resgata sensação de pertencimento no centro de São Paulo

Inóspito. Assim é hoje o centro de São Paulo. Basta fazer um passeio a pé por ali, num domingo de manhã, para sentir sua aridez: as ruas e as avenidas ficam desertas, sem vida nem alma, se comparadas com o movimento de pessoas que por lá trabalham durante a semana. Daqui a três anos, no entanto, essa situação vai mudar. Prevê-se para 2020 a entrega do Complexo Júlio Prestes 1 , um megacondomínio de uso misto que começou a ser construído em fevereiro na Região da Luz. Cravado no terreno de 18 mil m² que um dia abrigou a antiga Rodoviária de São Paulo, o empreendimento terá 94,6 mil m² de área construída e englobará conjunto habitacional, praça, escola de música, creche e lojas. É esperado na região – batizada de Cracolândia desde o fim da década de 1990 – um impacto positivo. “Temos centros urbanos em esvaziamento habitacional quando a cidade deveria ser uma mescla de trabalho e habitação”, pondera o arquiteto e urbanista Alvaro Puntoni, professor de projeto da FAU-USP.

Puntoni defende que a cidade precisa crescer para dentro, onde já existe infraestrutura – e não para fora. “Programas que criam casas em lugares afastados de centros urbanos acabam formando verdadeiros guetos.”

Leia mais