Quatro livros resenhados pela redação de AU

Um arquiteto moderno
Marcelo Barbosa
304 páginas
Editora Monolito
editoramonolito.com.br

O professor arquiteto Marcelo Barbosa busca em sua publicação analisar a fundo a marca expressiva deixada por Adolf Franz Heep na arquitetura brasileira, sobretudo na cidade de São Paulo. Prédios ícone grandemente apoiados na arquitetura moderna compõe seu repertório, exposto no livro através do trabalho de Ana Mello — impressionantes fotos acompanham o primeiro estudo unicamente dedicado a Heep, desenvolvido sob a curadoria da Fundação Stickel e grande apoio do Conselho de Arquitetura de São Paulo.

Arquitetura do centro de São Paulo
URBEM — Instituto de Urbanismo e Estudos para a Metrópole
304 páginas
Editora Monolito
editoramonolito.com.br

Fruto da colaboração entre a Editora Monolito e o URBEM, o livro se propõe a debater a questão do patrimônio arquitetônico da cidade de São Paulo — discurso desenvolvido através de quatro debates e passeios temáticos dados pelo centro da cidade. Com abordagem direta e objetiva, os elementos de estudo são prédios simbólicos de grande importância para a construção da história arquitetônica paulistana — são eles o Edifício Martinelli, a Biblioteca Mário de Andrade e a sede do IAB–SP. As visitas servem de preâmbulo para análise relativa entre o centro da cidade e o mercado imobiliário, a cultura, o patrimônio moderno e as políticas públicas.

A Cerâmica em Grandes Obras
Vitorio Junior
224 páginas
Editora Vitorio Junior
vitoriojunior.com.br

Com o apoio do Ministério da Cultua, o livro acompanha a evolução da produção da cerâmica, desde as primeiras queimas do produto até o aprofundamento de seu diálogo com o mudo da arte, arquitetura e outras grandes obras, relação que escapa o âmbito acadêmico. A discussão sobre a importância da cerâmica para a humanidade é acompanhada de categórica produção fotográfica e um simples discurso, que permite compartilhar parte da perspectiva de 15 anos de estudos sobre arquitetura, construção e design; aplicado ao livro de autoria inédita.

Campos Elíseos — história e imagens
Juan Esteves
210 páginas
Coordenação Editorial Antonio Carlos Suster Abdalla

O livro fotográfico configura inesperada revigoração arquitetônica dos Campos Elíseos, bairro paulistano cuja visualidade muito passa negligenciada. A obra reúne minuciosa documentação do patrimônio que ali existe, após delicado tratamento de edição desenvolvido: eliminação de fios, conduítes e quaisquer outras marcas conturbantes — processo que o fotógrafo considera eliminação de “ruídos temporais contemporâneos”. Os prédios conferidos de uma presença emblemática mal são reconhecidos com estranhamento — por aqueles que cotidianamente compartilham as calçadas ancoradas pelos símbolos verticais de um bairro carregado de construções históricas.