Hotel símbolo da Cidade Eterna recebe cuidadosa reformulação pela agência 4BI: reinterpretações e pedras naturais se destacam

Inaugurado em 1889 no coração da capital italiana, a poucos passos da Piazza di Spagna e da Villa Borghese, o icônico Hotel Eden iniciou um novo capítulo de sua história ao integrar a Dorchester Collection, um dos portfólios de hotéis de luxo mais importantes do mundo, do qual fazem parte dez cinco-estrelas espalhados pela Europa e pelos Estados Unidos, como o 45 Park Lane, em Londres, o Le Meurice, em Paris, e o Bel-Air, em Los Angeles.

Em comum, todos os hotéis da coleção possuem a característica de encarnar, em ambientações deslumbrantes, a cultura e o espírito da cidade em que se localizam. Com o Eden não poderia ser diferente, razão pela qual o edifício foi submetido a uma minuciosa reformulação que manteve suas portas fechadas por quase um ano e meio. Bruno Moinard e Claire Bétaille, do escritório parisiense 4BI & Associés, respondem pelo design do lobby e das suítes, enquanto Patrick Jouin e Sanjit Manku, do também parisiense Jouin Manku, assinam o spa e os restaurantes.

O ponto de partida para a criação de uma nova identidade para o hotel, segundo Bruno Moinard, foi colocar em destaque os elementos indissociáveis da tradicional atmosfera romana: superfícies cobertas de afrescos, forros bem trabalhados e pisos fortemente marcados por padrões gráficos em preto e branco. “Quando você entra em um local e sente que está em Roma, o que tem de peculiar ali? Tudo começa com o que se vê nas paredes, no teto e no chão”, sublinha Moinard. “Outra premissa foi valorizar a beleza da luz natural de Roma, que é tão especial”, comenta Luca Virgilio, gerente-geral do Eden.

MANSÃO INTIMISTA
Majestoso salão de mármore branco com direito a um balcão esculpido em alto-relevo, o hall da recepção oferece, em grande estilo, as boas-vindas aos hóspedes. Nesse ambiente, bem como em todo o pavimento térreo, o mármore também dá vida a colunas iluminadas por candelabros, que criam um efeito reservado e acolhedor, e a um piso luxuoso, composto de grafismos que somam à inspiração clássica um acento bastante contemporâneo: uma das maiores preocupações de Moinard e Bétaille foi a de não permitir que o projeto soasse como um pastiche, simples imitação de um estilo pertencente ao passado.

Outro destaque da área comum é o lounge bar La Libreria, ambientado como se fosse uma biblioteca. A brincadeira é descobrir o chamado “bar secreto”, escondido atrás de uma porta de correr espelhada que se camufla em meio às prateleiras da suntuosa estante curva que dá nome e autenticidade ao espaço. Ainda no lobby, boa parte das paredes exibe afrescos pintados pelo artista italiano Gio Bressana.

“Cada peça de mobiliário é única, feita à mão por artesãos italianos qualificados. Eles utilizam como matéria-prima produtos nobres e preciosos, escolhidos seguindo um rígido critério”, aponta o gerente-geral do hotel. De acordo com Virgilio, os objetos ressaltam uma premissa importante passada aos designers: tudo deveria ser pensado para que os hóspedes se sentissem em uma elegante e acolhedora casa privada, e não em um ambiente impessoal.

O LADO BOM DA VIDA
Ainda mais confortáveis e espaçosas, as suítes – que tiveram o número reduzido de 121 para 98 – foram pensadas para refletir e acentuar a beleza da paisagem e da luz, que invadem impetuosamente o ambiente pelas janelas. Pé-direito alto, mobiliário com desenho elegante e sofisticado, referências ao design dos anos 1930 e 1940, obras de arte refinadas e uma paleta de cores extremamente suave, pincelada por toques de dourado e vermelho-escuro, definem o estilo dos quartos e das saletas de estar. Os banheiros não ficam atrás: inspirados nos lendários banhos romanos, foram inteiramente decorados com mármore carrara.

Com a reformulação, o Hotel Eden ganhou um spa urbano, que oferece várias terapias holísticas e de bemestar. O desejo de criar uma atmosfera acolhedora e relaxante, também em referência aos banhos romanos, guiou a proposta de Patrick Jouin e Sanjit Manku. A dupla ficou responsável ainda pelo bar-restaurante Il Giardino, onde o jardim é o grande astro, e pelo restaurante La Terrazza, que ostenta uma das mais incríveis vistas panorâmicas da cidade, que está a cargo do chef executivo Fabio Ciervo.

Não é a primeira parceria bemsucedida dos escritórios 4BI & Associés e Jouin Manku. Em 2014, Bruno Moinard e Claire Bétaille assinaram a remodelação do lobby e dos restaurantes Le Relais Plaza e La Cour Jardin, no Hotel Plaza Athénée, em Paris – também integrante da rede da Dorchester Collection. Ao mesmo tempo, Jouin e Manku comandaram a transformação do estrelado restaurante Alain Ducasse au Plaza Athénée, no mesmo endereço.

Por Carine Savieto