Notícias do mundo da arquitetura

Transparência e informalidade na nova sede da Infoglobo

Sete anos após o início do projeto, a Infoglobo 1 inaugurou sua nova sede, na Rua Marquês de Pombal, no centro do Rio de Janeiro. Iluminado, espaçoso e informal, bem ao estilo carioca, o novo prédio integra as redações dos jornais O GloboExtra e Expresso, além de seus respectivos sites e da Agência O Globo. O arquiteto Ruy Rezende, sócio-fundador do escritório carioca RRA, é um dos idealizadores do projeto, elaborado por uma equipe de 13 profissionais.

Erguida em uma área de 4.340 m², a edificação incorporou os dois terrenos que abrigavam o galpão das antigas rotativas do jornal, além de um casarão construído em 1910. São 27.300 m² de área construída, com seis pavimentos e dois subsolos.

1
1

Sem as tradicionais salas fechadas de reuniões, em cada um dos andares há espaços colaborativos com mesas e cadeiras altas, e um átrio central permite a integração de todos os ambientes da empresa. O átrio recebe luz natural através de uma cobertura de cabos tensionados e vidro, mas o grande destaque da obra é a fachada com brises motorizados. Essa segunda pele acompanha o movimento solar, fechando-se por translação dos painéis. O sistema reduz o uso de ar-condicionado e aumenta a eficiência energética do edifício, que possui uma certificação Leed Silver, além dos seguintes prêmios: XII Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa Categoria Escritórios – Green Building Melhor Projeto e XII Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa Prêmio Master Melhor Projeto entre Todas as Categorias.

Prédio tombado passa por reforma para sediar escola de teatro em São Paulo

A nova sede da SP Escola de Teatro 2 agora ocupa um prédio histórico no Brás, na região central da cidade São Paulo. Totalmente reformada, a edificação foi projetada em 1911 pelo engenheiro e arquiteto Manuel Sabater para sediar a Escola Normal do Brás. Obedecendo ao ecletismo, o prédio havia sido tombado em 1988 pelo Condephaat e precisava de uma reforma – que durou dois anos.

2
2

A Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo investiu R$ 5,4 milhões na obra. A verba foi usada para construir um auditório com 157 lugares que será usado como teatro. Além do novo equipamento, foram feitos reparos de infiltrações nas paredes, restauro das esquadrias, piso e forro, troca de vidros e pintura, readequação do sistema de combate a incêndio e instalação de elevadores para passageiros com mobilidade reduzida.

Guto Requena é duplamente premiado no iF Design Award 2017

Ícone do design nacional, o arquiteto e designer Guto Requena foi a Milão, no mês passado, para receber duas premiações iF Design Award 2017. Requena é conhecido por aliar design com ciência e alta tecnologia aplicada. No evento, foi reconhecido por duas criações: o Light Creature, edifício paulistano dos anos 70 que passou por um processo de retrofit e agora exibe como principal característica a mudança de cores conforme o ritmo e a qualidade do ar da avenida onde está localizado; e o Love Project, que registra as emoções de uma pessoa e as insere em joias ou outros acessórios corporais.

Trio catalão recebe Pritzker 2017 em maio, em Tóquio

Os catalães Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta, do escritório RCR Arquitectes, venceram o Pritzker de Arquitetura 2017. Em sua 39a edição, essa foi a primeira vez que três arquitetos receberam a honraria simultaneamente – e a segunda vez que o prêmio foi concedido a espanhóis (o primeiro agraciado havia sido o arquiteto Rafael Moneo, em 1996).

A vitória foi anunciada em março por Thomas Pritzker, presidente da Hyatt Foundation, organizadora do evento. Formados pela Escuola Tècnica Superior d’Arquitectura del Vallès (ETSAV), em Barcelona, os três sócios usam luz, cor e transparência como marca registrada. Entre seus projetos mais famosos estão o museu Soulages 3, na França, e a vinícola Bell-Lloc 4, na Espanha. Em ambos foi utilizado o aço córten, um dos materiais preferidos pelos arquitetos. A vinícola, cravada no solo, possui aberturas entre as ripas de aço que permitem a entrada de luz.

Os três arquitetos trabalham em conjunto em todas as obras do escritório há 30 anos e essa parceria já rendeu outras homenagens como o Prêmio Nacional de Cultura em Arquitetura 2005, do governo da Catalunha; o Chevalier francês, da Ordre des Arts et des Lettres, em 2008 e 2014; e a medalha de ouro da Académie d’Architecture, da França, em 2015. O trio receberá US$ 100 mil e a cerimônia da premiação será em maio, em Tóquio.

3
3
4
4

Mobiliário brasileiro de época vira obra de arte em Curitiba

Gênero musical brasileiro mais exportado até hoje, a bossa nova inspirou a inauguração da Bossa – Mobiliário Moderno Brasileiro, em março passado, em Curitiba. Com um quê vintage, a loja reúne mobílias e peças de design assinadas por grandes nomes da arquitetura e do design. São obras raras produzidas entre as décadas de 1950 e 1980, período de efervescência na arquitetura, nas artes e no design nacionais.

Em sua inauguração, a Bossa contou com duas mostras de Oscar Niemeyer. Estavam lá peças icônicas como a poltrona Chaise-Longue Rio 5, criada pelo arquiteto em 1978, e um conjunto de desenhos. Parte da obra do arquiteto e designer polonês Jorge Zalszupin 6 também foi exibida no evento. Os lançamentos da loja vão ser feitos bimestralmente e seu acervo inclui peças de outros nomes prestigiados como Carlo Hauner, Joaquim Tenreiro, Sergio Rodrigues, Percival Lafer, Jean Gillon, Lina Bo Bardi, Geraldo de Barros e Giuseppe Scapinelli.

5
6
6

Cine Leblon será reinaugurado em 2020 com fachada art déco

Tombado pela prefeitura do Rio de Janeiro em 2011, o imóvel em estilo art déco que abrigava o tradicional Cine Leblon 7 teve as portas fechadas em 2014. Em obras para a ampliação do espaço desde o fim de 2016, ele já tem data para reabrir: março de 2020. Com projeto de reforma assinado pelo arquiteto André Piva, o novo Cine Leblon terá sua fachada art déco mantida e oferecerá três salas de cinema, em vez de duas, além de um espaço gastronômico com 1.000 m2 no subsolo.

O projeto prevê sistema automático de iluminação e uso de lâmpadas de LED, papéis de parede laváveis, estacionamento com sistema de elevadores inteligente. “Também vamos usar um vidro especial para fechamento das fachadas, melhorando o conforto acústico e a sensação térmica dentro das salas”, adianta André Piva.

7

Hiperstudio vence o 4º prêmio pelo projeto da Casa Sustentável

O projeto Casa Sustentável 8 começou o ano com mais uma vitória. Criada pelo Hiperstudio em coautoria do arquiteto Marcus Rosa e consultoria ambiental da arquiteta Tássia Helena Teixeira Marques, a obra levou o prêmio de Melhor Projeto do 4o Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura, além de ganhar o 1o lugar na modalidade Institucional. O time de vencedores recebeu a premiação durante o Fórum Internacional de Arquitetura, ocorrido na 15a Expo Revestir.

O projeto foi escolhido para ser a sede do Conselho Municipal do Meio Ambiente de Campinas, interior de São Paulo, por meio do Concurso Público Nacional de Projeto de Arquitetura para a Casa Sustentabilidade. Em 2016, ele já tinha recebido duas premiações: melhor projeto categoria Edifícios Institucionais, do Prêmio AsBEA; e melhor projeto categoria Green Building, no 13o Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa.

O Hiperstudio foi fundado pelos arquitetos Ricardo Felipe Gonçalves e Matheus Marques Rodrigues Alves há sete anos. O projeto da Casa Sustentável foi concebido para resgatar o humanismo, ajudando o usuário a repensar sua maneira de se relacionar com o meio ambiente. “Esperamos que, no futuro, não seja preciso mais falar de arquitetura sustentável, porque ela será senso comum. Mas ainda há um processo para chegarmos a esse patamar, e iniciativas como esse prêmio promovem a reflexão sobre o que podemos fazer para impulsionar ainda mais a performance energética e o conforto térmico dos edifícios”, opina Gonçalves.

8
8

Instalação propõe casa de cinco metros de largura no Salão do Móvel de Milão

Já imaginou morar em uma casa para até três pessoas numa área de 5 m de largura por 10 m de altura? Esse é o projeto 9 apresentado no Salão do Móvel de Milão 2017 pela marca de carros Mini, em parceria com os arquitetos do escritório nova-iorquino SO-IL. Intitulada Mini Living – Respire, a moradia minúscula foi desenvolvida para atender às tendências que apontam a necessidade de se viver em espaços cada vez menores, com recursos naturais cada vez mais limitados.

Pequena e agradável, a casa tem parede externa transparente e flexível capaz de filtrar o ar e permitir a entrada de luz natural. No telhado, há uma instalação inteligente que coleta água da chuva para reúso e um jardim com plantas que ajudam a melhorar a qualidade do ar, contribuindo positivamente para o microclima urbano ao redor.

9
9

Rochas ornamentais: Vitória Stone Fair tem nova data no Espírito Santo

Com foco em rochas ornamentais, a 43ª Vitória Stone Fair Marmo+Mac Latin America será realizada de 6 a 9 de junho, no Carapina Centro de Eventos, em Serra (ES). Marcado para ocorrer em fevereiro passado, o evento foi cancelado por causa da crise de segurança pública devido à paralisação da Polícia Militar no estado.