Notícias do mundo da arquitetura

Fachada de pavilhão se move conforme o ritmo da música

Criado especialmente para o Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, o The Dancing Pavilion 1, projeto do Estúdio Guto Requena, apresentou uma fachada capaz de mudar conforme o ritmo da música. Ela foi concebida a pedido de uma marca brasileira de cerveja para abrigar shows e festas durante os Jogos Olímpicos. Seu funcionamento foi baseado no uso de sensores que, alocados na pista de dança, captavam a batida e a movimentação das pessoas. A partir daí, ativavam os motores responsáveis por acionar cerca de 500 espelhos redondos instalados na parte externa, de estrutura metálica colorida. Durante o dia, o pavilhão cinético criou imagens gráficas jogando com a luz e a sombra projetadas no chão e no entorno. À noite, feixes luminosos eram refletidos para fora, chamando atenção para a entrada do Parque Olímpico. O projeto é resultado de dez anos de pesquisa sobre arquitetura híbrida, unindo o mundo real e o virtual e utilizando a tecnologia interativa para transformar a percepção do espaço.

Fotos: Fernanda Lngabue e Rafael Frazão
1
Fotos: Fernanda Lngabue e Rafael Frazão
1

IAB-SP se opõe a PL que autoriza publicidade em bancas de revistas

Um seminário realizado em agosto na sede do Instituto de Arquitetos do Brasil do Estado de São Paulo (IAB-SP) serviu para que seus representantes marcassem posição contrária ao projeto de lei 236/2016, que cria o Programa Banca SP. A proposta foi enviada à Câmara Municipal pelo prefeito Fernando Haddad (PT) a partir da reformulação de um projeto elaborado pelo então vereador e atual secretário de Relações Governamentais da prefeitura José Américo Dias (PT-SP). Anúncios publicitários estampados em bancas de revistas, proibidos desde 2006 pela Lei Cidade Limpa, voltariam a ser aceitos mediante o pagamento de contrapartida. O dinheiro alimentaria um fundo voltado ao desenvolvimento do mobiliário urbano. Para os participantes do seminário do IAB-SP, como o jornalista Leão Serva e os arquitetos e urbanistas Gabriel Rostey, Renato Salgado, Regina Monteiro, Fernanda Botallo e Carlos Beutel, a medida representa um retrocesso diante dos aspectos positivos na paisagem conquistados a partir da Lei Cidade Limpa. A atual legislação prevê a criação de espaços publicitários em mobiliários urbanos, tais como relógios de rua e pontos de ônibus, cuja receita é repassada aos cofres públicos. No caso de espaços em pontos de táxi e bancas de revistas, que representam atividades econômicas, há controvérsia sobre como poderiam ser usados. O projeto ainda aguarda segunda votação para seguir para o gabinete do prefeito.

Studio MK27 está entre os finalistas do Inside Awards

O projeto SP Penthouse, do Studio MK27, é o único brasileiro na lista dos 63 finalistas do Inside Awards 2016, voltado à arquitetura de interiores. O prêmio tem nove categorias, entre bares e restaurantes, projetos cívicos, culturais, de transporte e residenciais – esta última, na qual disputa o projeto do estúdio paulistano. Seu conceito foi buscar a mínima divisão espacial possível, de modo a garantir a continuidade e a amplitude do apartamento, garantindo a fluidez entre os ambientes. Largos corredores servem de galeria para a coleção de arte e objetos do morador. O apartamento é composto por três pisos. No primeiro, ficam os quartos. No segundo, a cozinha, home office e as salas de jantar e de estar. O último andar, com pé-direito duplo, abriga biblioteca, spa com piscina coberta, jardim de inverno e área de ginástica. Prateleiras de madeira que vão do piso ao teto da biblioteca permitem que os próprios livros funcionem como revestimento. Destaca-se, ainda, a vista da cidade de São Paulo, enquadrada por uma janela que rompe a sequência ritmada dos módulos da estante. Confira a lista completa dos finalistas do Inside Awards 2016 no site de AU.

Schmidt Hammer Lassen Architects ganha prêmio por melhor biblioteca pública do mundo

biblioteca Dokk1 2 , projetada pelo Schmidt Hammer Lassen Architects, ganhou o prêmio de Melhor Biblioteca Pública do Ano de 2016, concedido pela Federação Internacional de Associações e Instituições de Bibliotecas (IFLA).

Localizada em Aarhus, a biblioteca é a primeira dinamarquesa a receber o reconhecimento, e teve concorrentes australianos e estadunidenses. É a maior biblioteca pública da Escandinávia, e abriga um centro de serviço ao cidadão, espaço de escritórios, estacionamento com capacidade para mil carros, e praças públicas.

Reprodução
2

Os jurados elogiaram a acessibilidade garantida pelo edifício de 35,6 mil m², que foi pensado como um ponto de troca de conhecimento e oportunidades e de reunião multicultural. Além disso, a arquitetura da melhor biblioteca do mundo é inclusiva e democrática. O júri também valorizou a escolha simples e consistente dos materiais utilizados no edifício, que se adaptam naturalmente ao ambiente portuário e são de alta qualidade sem ostentação.

Perkins + Will divulga projeto de estádio em Dubai

O escritório Perkins + Will foi o escolhido para projetar o Estádio Mahammed bin Rashid 3 , em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos (EAU). Com 60 mil lugares, o projeto faz parte de um empreendimento de uso misto, que inclui também instalações para treinamentos e áreas para aquecimento, além de estacionamento com cinco mil vagas, museu, lojas, restaurantes e praças.

O design foi inspirado na criação de uma construção que contenha os precedentes regionais e garanta sustentabilidade a Dubai. O projeto é composto por um telhado tênsil aberto e uma estrutura elevada em formato de tigela, em grelha diagonal. O campo de futebol está 18,2 m acima da entrada de uma discreta praça.

Reprodução
3

O espaço está sendo planejado para a sua utilização durante todo o ano e terá uma pele que permitirá a passagem de correntes de ar, mas bloqueará a areia e o sol. Os elementos de água do pátio procuram refrescar o ar. Também contribui nesse sentido a vegetação local, com árvores que bloquearão o vento quente e trarão sombra às áreas públicas no entorno.

O estádio Mohammed bin Rashid foi projetado para ser o maior dos EAU. Segue o padrão Fifa, com campos para partidas da federação, mas que também podem ser usados para recreação. Ele faz parte da iniciativa “Sports Inovation Lab”, que busca fazer do País como destino global esportivo.

Salário médio de arquitetos fica em R$ 5.297 no primeiro semestre

Os arquitetos de edificações admitidos no primeiro semestre no Brasil receberam, em média, um salário mensal de R$ 5.297. De acordo com dados do Salariômetro, ferramenta elaborada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os Estados que apresentaram as maiores remunerações são Distrito Federal (R$ 6.922); Rio de Janeiro (R$ 6.819) e Bahia (R$ 6.635). Os menores valores médios ficaram nos Estados de Rondônia (R$ 965); Paraíba (R$ 1.500) e Amapá (R$ 1.800), lembrando, entretanto, que cada um deles apresentou apenas uma contratação no período.

Foram 565 contratações no primeiro semestre do ano, sendo 249 homens no mercado de trabalho e 316 mulheres. Os salários para eles ficaram, em média, R$ 5.365, e para elas, R$ 5.246. Os Estados do Acre, Piauí, Alagoas e Roraima não apresentaram nenhuma contratação no período.

Confira no site da revista a tabela elaborada pela PINIweb, com dados completos dos profissionais da arquitetura com Ensino Superior completo, indicando diferenças entre Estados brasileiros, gêneros e faixa etária.

Fotógrafo brasileiro é destaque em Veneza

O fotógrafo brasileiro radicado em Nova York Paul Clemence 4 participa da Bienal de Arquitetura de Veneza com uma sala especial, dentro da exposição Time Space Existence. Intitulado “Red Interlude”, trata-se de uma instalação fotográfica baseada no trabalho do renomado arquiteto brasileiro Ruy Ohtake. Utilizando uma série de imagens clicadas em São Paulo – especificamente da piscina do Hotel Unique, um dos projetos mais emblemáticos de Ohtake na capital paulista -, Clemence faz uma alusão a uma “ponte aquática” interligando as cidades de São Paulo e Veneza. Para o autor, a justificativa está no fato de que ambas as cidades exerceram e ainda exercem papéis cruciais em seu continente de origem. Reproduções gigantes das imagens estão dispostas pelo local, brincando com a percepção do visitante e com o fato de que o próprio espaço – o Palazzo Bembo – está localizado sob as águas do Grande Canal, bem ao lado da famosa ponte do Rialto, um dos principais pontos turísticos da cidade italiana. No detalhe, destaque para um dos últimos projetos do arquiteto, o Aquário Pantanal 5 , em Campo Grande (MS). Até 27/11. Palazzo Bembo. Riva del Carbon, 4793-4785, 30124 Veneza, Itália.

Andrea Ferro
4
Paul Clemence
5

Grupo da PUC-RIO cria plataforma que mostra principais mudanças na arquitetura e no urbanismo carioca

As transformações urbanas ocorridas no Rio de Janeiro nos últimos sete anos, em decorrência dos megaeventos que agitaram a cidade, motivaram professores e alunos de um grupo de pesquisa do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ) a lançar um site documentando, analisando e debatendo como a cidade se moldou diante das novas necessidades sociais e urbanas.

A iniciativa Rionow.org surgiu a partir de pesquisas e do cruzamento de informações de veículos informativos e índices econômicos desde 2009, ano em que a cidade foi escolhida sede da Olimpíada 2016. Entre os eventos levados em conta estão a Copa do Mundo (2014), Rio+20 (2012), Copa das Confederações (2013) e a Jornada Mundial da Juventude (2013), além de todos os episódios de grande porte alocados na agenda da cidade desde então.

Faz parte ainda do trabalho uma lista de 100 projetos arquitetônicos e urbanísticos surgidos nesse período, cada um relacionado de maneira não usual a seus respectivos autores. A proposta da desordem no layout, segundo Ana Luiza Nobre, coordenadora do grupo de pesquisa, era transpor para o ambiente virtual a mesma desorganização que existe no plano urbano. O grupo também projetou um mapa que recria a topografia da cidade, onde se destaca a concentração dessas obras. Confira: www.rionow.org