Cinco livros resenhados pela redação de AU

João Kon arquiteto
Abilio Guerra, Luis Espallargas Gimenez e Fernando Serapião (organização); Fernando Serapião, Jacopo Crivelli Visconti e Luis Espallargas Gimenez (textos) . 320 páginas . Romano Guerra Editora . www.vitruvius.com.br 

Especialistas e críticos de arquitetura contam a história de vida do arquiteto João Kon. A obra aborda os edifícios habitacionais do arquiteto e apresenta fichas de projetos de dez edifícios construídos, projetados majoritariamente nos bairros paulistanos de Higienópolis e Jardins entre os anos 1950 e 1980. A publicação intercala textos, desenhos técnicos e imagens e conta com ensaios do fotógrafo e também arquiteto Nelson Kon, filho de João.

História da teoria da arquitetura
Hanno-Walter Kruft . 1.000 páginas . Edusp . www.edusp.com.br
Publicada originalmente em 1985, a obra apresenta uma pesquisa enciclopédica acerca da teoria da arquitetura ocidental e é resultado de uma série de cursos e seminários ministrados por Hanno-Walter Kruft enquanto professor de história da arte na Universidade de Augsburg. Trata-se do primeiro estudo realizado com um propósito de esgotar o tema e com base em uma leitura direta das fontes originais, para o qual o autor pesquisou, organizou e analisou as demonstrações significativas apresentadas por teóricos da arquitetura ao longo dos últimos dois mil anos.

Ruy Ohtake – Arquitetura e design: 4 décadas + 2008-2015
Ruy Ohtake, Roberto Segre e outros autores . 240 páginas . J.J. Carol Editora . www.jjcarol.com.br 
O arquiteto Ruy Ohtake apresenta um panorama de sua recente produção arquitetônica com destaque para o Aquário do Pantanal, em Campo Grande, no Mato Grosso. O livro inclui ainda um texto inédito de Roberto Segre, arquiteto, crítico e historiador da arquitetura da América Latina morto em 2013, e a colaboração de outros especialistas da área. Ruy Ohtake é formado pela FAUUSP e imprime uma linguagem própria nas mais de 300 obras já realizadas no Brasil e no exterior.

 

Cidade de lobos – A representação de territórios marginais na obra de Rubens Figueiredo
Paulo Roberto Tonani do Patrocínio . 187 páginas . Editora UFMG . www.editoraufmg.com.br 
O livro reúne ensaios sobre as formas de representação das margens urbanas na obra de Rubens Figueiredo, romancista brasileiro premiado duas vezes com o Jabuti. O autor destaca a cidade como palco primordial para o exame das desigualdades sociais, privilegiando o olhar sobre territórios marginais. Na análise, estão presentes o diálogo com a tradição naturalista e os recursos adotados na tematização da violência urbana pela leitura crítica de romances de Rubens.

 

Patrimônios de influência portuguesa: modos de olhar
Walter Rossa e Margarida Calafate Ribeiro (organização) . 536 páginas . Eduff . www.eduff.uff.br 
Editado primeiro em Portugal e agora no Brasil pela Eduff, o livro reúne 18 artigos de autores de diferentes áreas, que se debruçam sobre os possíveis pontos de interseção entre as manifestações culturais e sociais de influência portuguesa, entre elas a arquitetura. A obra é uma construção coletiva da qual participaram os professores Ana Maria Mauad, José Pessôa, Maria Fernanda Bicalho e Sílvio Renato Jorge, todos da Universidade Federal Fluminense (UFF).