Ano de 2017 trará norma de esquadrias revisada, selo de eficiência e um novo programa setorial de qualidade para produtos de PVC

Ano de 2017 trará norma de esquadrias revisada, selo de eficiência e um novo programa setorial de qualidade para produtos de PVC

Projetada para um casal de publicitários de Campinas (SP), a Casa do Cafezal, ao lado, mostra espaços com jardins envidraçados, que envolvem ambientes sociais internos. “Nosso desejo era que fosse o mais transparente, portanto, envidraçado possível”, explica o arquiteto Fernando Forte, do escritório FGMF. A continuidade entre exterior e interiores deveria contrastar com o forro de madeira, mais escuro. Foram as esquadrias de alumínio, para portas de correr frontais, que materializaram a ideia. Primeiro, adotaram-se perfis superiores e inferiores finíssimos. As folhas de vidro fixas, laterais, se unem em quinas seladas apenas por silicone, para vedação. Já as folhas que correm foram desenvolvidas em esquadros de alumínio tratados por anodização, para a cor inox (Olga Color). Assim, jardins que começam fora da casa continuam dentro dela, gerando ilusão sobre os limites da residência – integração e amplitude, em relação ao seu entorno.

A norma de esquadrias (ABNT NBR 10.821) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) está sendo revisada. A consulta nacional foi encerrada em agosto, e o novo texto deverá ser publicado até o início de 2017. “A novidade é que ela traz as partes IV e V, antes inexistentes, que tratarão especificamente dos desempenhos acústico e térmico das esquadrias”, conta a engenheira Michele Gleice da Silva, integrante do comitê responsável na ABNT, e diretora técnica do Instituto Tecnológico da Construção Civil (Itec).

Leia mais

UNA Arquitetos projeta casa de frente à praia em Florianópolis, com estrutura de madeira e fachada com PVC perfurado

UNA Arquitetos projeta casa de frente à praia em Florianópolis, com estrutura de madeira e fachada com PVC perfurado

Uma estrutura leve de madeira, cujos pilares obstruem ao mínimo a vista do mar. Fechamentos translúcidos que transformam a casa em uma lanterna à noite. Estas duas frases descrevem a nova residência que o UNA Arquitetos projetou em Florianópolis. Demonstrando a maturidade de um estúdio que já possui um vocabulário próprio, somada às requisições de economia e despojamento dos clientes, resultou-se em um pequeno raciocínio sobre a casa de veraneio.

O lote está inserido em um condomínio fechado, no qual as dimensões padrão são retângulos cujo lado maior é paralelo à linha da costa. O terreno estava contido entre outros na retícula, até que uma revisão legislativa restringiu construções até certa distância do mar e tornou o lote desobstruído em relação ao oceano. A decisão legislativa ajudou a nortear as decisões de partido: uma casa retangular alinhada com a costa, com piscina e áreas comuns no terreno mesclando-se com as areias de praia. Leia mais