Dois projetos construídos em madeira vencem o Prêmio Ibramem/AMATA

Dois projetos construídos em madeira vencem o Prêmio Ibramem/AMATA

Foram anunciados no final de março os vencedores do Prêmio Ibramem/AMATA de Arquitetura em Madeira 2018, que visa incentivar a utilização do material na construção civil respeitando sua linguagem e enquadramento dentro dos princípios da sustentabilidade. A iniciativa é voltada para estudantes e profissionais das áreas de engenharia e arquitetura e urbanismo de todos os países da América Latina.

Na categoria para profissionais, os ganhadores foram o projeto Moradas Infantis, dos escritórios Rosenbaum e Aleph Zero, e a Casa na Montanha, de Gui Paoliello Arquiteto. Já a categoria para estudantes foi vencida por Daniela Moro e Gabriel Hildebrand Tomich, da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Leia mais

Arealis usa cromatismo indiano em projeto corporativo em Alphaville, em São Paulo

Arealis usa cromatismo indiano em projeto corporativo em Alphaville, em São Paulo

O escritório de arquitetura Arealis assina o projeto da nova sede da Tata Consultancy Services Ltda. (TCS), inaugurada em janeiro em Alphaville, na região Metropolitana de São Paulo. O objetivo foi estabelecer uma ponte entre as características estéticas do mundo indiano e as necessidades do mundo da tecnologia.

Com três mil m², a arquitetura do espaço considerou critérios como mobilidade, fluidez, produtividade e bem-estar no espaço de trabalho. O projeto organiza os diferentes espaços a partir de um percurso interno, definido por uma geometria aleatória constituída de linhas retas. Após uma pesquisa sobre os cromatismos e as formas presentes na cultura indiana, esta via apresenta texturas e cores variadas, alternando os pisos vinílicos coloridos com uma combinação de carpetes que lembra a riqueza dos tapetes indianos.

Leia mais

Concurso de arquitetura busca projeto para parque tecnológico em Santa Catarina

Concurso de arquitetura busca projeto para parque tecnológico em Santa Catarina

O Perini Business Park e o Join.Valle, programa da prefeitura de Joinville voltado à nova gestão do espaço urbano, lançaram um concurso público para o projeto arquitetônico do Ágora Tech Park, que será implantado na cidade catarinense. O polo tecnológico poderá sediar diferentes tipos de empreendimentos, como startups, empresas de tecnologia, laboratórios, centros de pesquisa e demais atividades relacionadas à tecnologia e inovação.

A competição, aberta a escritórios de todo o Brasil, tem o apoio da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura de Santa Catarina (AsBEA-SC). O desafio é desenvolver um projeto para a ocupação da área de 70 mil m² do parque tecnológico, além do estudo completo para a construção do primeiro prédio do complexo, com cerca de 4 mil m².

Leia mais

Base monocromática valoriza o verde do panorama externo em projeto da Pimont Arquitetura para sede catarinense de empresa de tecnologia

Base monocromática valoriza o verde do panorama externo em projeto da Pimont Arquitetura para sede catarinense de empresa de tecnologia

Duas fachadas opostas envidraçadas, uma delas voltada para uma área de preservação e orientada para o sul são o ponto focal da proposta da Pimont para a sede da empresa de tecnologia Aurum, em Santa Mônica, Santa Catarina. Protegida da insolação pela orientação, a caixilharia emoldura o verde da paisagem e é, ao lado da parede de tijolos de barro, o principal ponto cromático da composição.

“Neste projeto, mais do que nunca a paisagem foi valorizada. A escolha do espaço, com uma das fachadas especialmente voltada para uma área de preservação e orientada para o sul, protegida da insolação, conferiu ao projeto características muito especiais”, explica Henrique Pimont, que ao lado de Mirela Moser concebeu o novo arranjo.

Leia mais

Projeto de Flavia Cancian para a Layer2 propõe living office que congrega funcionalidade, colaboração e convivência

Projeto de Flavia Cancian para a Layer2 propõe living office que congrega funcionalidade, colaboração e convivência

Assim que a porta do elevador se abre, os olhos se enchem com a luz que vem das imensas janelas de vidro debruçadas sobre as copas das árvores da venida 9 de Julho, importante eixo de ligação da capital paulista. No caminho até elas, um escritório contemporâneo, com espaços generosos, mobiliário fino e a modernidade de uma empresa de engenharia de software dos novos tempos: descentralizada, colorida e que valoriza os momentos de convivência da equipe.

A solução de arquitetura e interiores foi dada por Flavia Cancian. Os volumes, característica marcante da arquiteta Flavia, desta vez colocados no teto e na orientação lógica do espaço, conduzem o percurso pelo corredor central e levam até o lounge que funciona como ponto de convergência de todo o escritório. “O conceito de Living Office orientado as pessoas foi desenvolvido desde o primórdio, iniciando entre arquitetura e o CEO da empresa. Nosso escritório trabalhou muito ativamente em proximidade de quem comanda a empresa, das necessidades primordiais até as mais básicas e depois com a execução,de forma que o resultado final fosse conceitualmente bem atingido e bem realizado”, explica Flavia.

Leia mais

Inscrições abertas para o 5º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel

Inscrições abertas para o 5º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel

O Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel lançaram a 5ª edição do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel, que busca projetos que se destaquem pela relação urbana e pelo comprometimento com área de implantação e a sustentabilidade, bem como a inventividade projetual e construtiva.

O prêmio é exclusivamente destinado a arquitetos brasileiros ou estrangeiros que vivam no Brasil há pelo menos dois anos e com projetos construídos durante os últimos dez anos, ou seja, entre 01 de janeiro de 2008 e o momento da abertura das inscrições (22 de fevereiro). Arquitetos, escritórios de arquitetura ou coletivos de arquitetos podem se inscrever com mais de um projeto. Leia mais