Os profissionais que assinaram os projetos publicados na edição

OFICINA CONCEITO DE ARQUITETURA (OCA)
Escritório de arquitetura sediado em Porto Alegre (RS), o Oficina Conceito Arquitetura (OCA) conta com uma equipe de quatro arquitetos, todos formados pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS): Daniel Dagort Billig, Guilherme Ferreira Nogueira, Maurício Ambrosi Rissinger e Tiago Scherer Fritzen. O quarteto atua na área de elaboração de projetos residenciais, comerciais e institucionais, tanto no campo da arquitetura civil quanto no da arquitetura de interiores. O nome escolhido resume a filosofia da equipe: enquanto a palavra “oficina” remete ao lado mais objetivo e concreto da arquitetura, o termo “conceito” ressalta a importância da dimensão subjetiva, responsável pela criatividade e inovação.

Leia mais

Edifício JCândido, concebido pela OCA em Porto Alegre, é exemplo no tratamento variado de fachadas

Edifício JCândido, concebido pela OCA em Porto Alegre, é exemplo no tratamento variado de fachadas

Um prédio de arquitetura autoral que se erguesse como um sopro de novidade em meio à paisagem do tradicional bairro Higienópolis na capital gaúcha. Eis o principal pedido da incorporadora MKS Empreendimentos à equipe de profissionais da Oficina Conceito Arquitetura (OCA). Já nas primeiras conversas sobre aquele que viria a se tornar o JCândido, edifício residencial com seis andares de estilo contemporâneo, o que se descortinava era o estabelecimento de um diálogo franco e fértil entre o discurso lógico do mercado imobiliário e a vibrante possibilidade de a arquitetura contribuir ativamente no desenho de cidades mais vivas, abertas e generosas.

Iniciada a fase de projeto, o primeiro desafio foi conceber o programa de acordo com as limitações do lote, de boa profundidade (45 m), porém com testada bastante reduzida (apenas 13,5 m). Levando em conta o desejo de que a edificação tivesse recuo suficiente para permitir aberturas em toda a extensão das fachadas laterais – o que impactaria consideravelmente nos ganhos de iluminação e ventilação cruzadas das unidades –, a largura disponível ficava ainda mais restrita. Chegou-se então ao traçado de um corpo de prédio com 7 m de largura e 32 m de profundidade, mantendo uma boa proporção estética com relação à sua altura, de 17,5 m.

Leia mais

Despretensiosa na linguagem arquitetônica e construída com materiais baratos e simples, casa projetada para ambulante mobiliza comunidade paraguaia para ser erguida

Despretensiosa na linguagem arquitetônica e construída com materiais baratos e simples, casa projetada para ambulante mobiliza comunidade paraguaia para ser erguida

Luis Villasanti, conhecido como Lui, vende chicletes há 45 anos na saída dos colégios de Mariano Roque Alonso, no Paraguai. Falante, alegre e brincalhão, sempre com uma anedota para contar, é querido por toda a comunidade. Tão querido que, quando falou a um amigo que precisava de uma casa própria, cerca de 1.500 pessoas da cidade se mobilizaram para ajudá-lo a erguer sua residência. Projetada pelo escritório Oficina Comunitaria de Arquitectura (OCA), a Vivienda Lui, como foi apelidada a sua casa, de linguagem arquitetônica despretensiosa, foi erguida com a menor quantidade de elementos arquitetônicos e construtivos possível.

“Os materiais são simples e facilmente encontrados no mercado: piso cerâmico e de cimento, tijolos cerâmicos, telhado de zinco e estrutura metálica”, afirma o arquiteto Luis Godoy, diretor do escritório OCA. Ele conta que a busca do essencial acabou se refletindo na casa, materializada pela arquitetura singela. “É uma linguagem que determina uma riqueza no simples, no humano, no local e no necessário”, conta o arquiteto. Leia mais

Os profissionais que assinaram os projetos publicados na edição

Os profissionais que assinaram os projetos publicados na edição

Estúdio Guto Requena
Guto Requena, nascido em 1979, em Sorocaba (SP), graduou-se em arquitetura e urbanismo, em 2003, na USP. Durante nove anos foi pesquisador do Nomads-USP – Centro de Estudos de Habitares Interativos da Universidade de São Paulo. Em 2007, obteve o mestrado na USP. Em 2008, inaugurou o Estúdio Guto Requena. Desde então, ganhou vários prêmios, lecionou e exibiu projetos em mais de 20 países. Em 2012, foi selecionado pelo Google para desenvolver o projeto para sua matriz brasileira. De 2011 para cá, Guto cria, escreve e hospeda séries de TV, web e cinema.

Leia mais