Artigo: cuidado com o projeto e a instalação de anteparos assegura a integridade física de usuários em lajes e sacadas

Artigo: cuidado com o projeto e a instalação de anteparos assegura a integridade física de usuários em lajes e sacadas

Este estudo tem o objetivo de alertar as autoridades competentes no sentido de se estabelecer condições seguras na construção de anteparos, em geral, em moradias de comunidades carentes distribuídas pelo Brasil afora. A inexistência desses anteparos causa uma morte a cada três dias por queda de pessoas de lajes. Busca-se apresentar uma altura segura para esses elementos em edificações tipo multifamiliares verticais em qualquer tipo de laje de cobertura, considerado áreas não habitáveis, que oferecem riscos iminentes de acidentes, envolvendo quedas de operários quando em serviços de manutenção, visitas de zeladores ou síndicos ou mesmo de engenheiros ou arquitetos que atuam na área de perícias, altura de guardas em escadas internas e externas, peitoris de vãos e guarda-corpo.

CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES
Atualmente há no Brasil 5.570 municípios – o Ministério das Cidades divulgou que até 2014 foram conveniados somente 979 contratos relacionados à Lei 11.888/2008, de Assistência Técnica em Habitações Sociais. Porém, 78% desses contratos foram cancelados antes mesmo de haver o primeiro repasse de verbas, incluindo entre os motivos problemas na apresentação dos projetos, além de muitas dessas prefeituras não terem demonstrado interesse, um dos fatores que levam à falta de assistência técnica nas comunidades carentes e que geram condições inseguras pela falta de um anteparo nas lajes de cobertura das moradias.

Leia mais

Tubulação turquesa para instalação elétrica vira destaque de projeto de espaço de coworking recém-inaugurado na Tailândia

Tubulação turquesa para instalação elétrica vira destaque de projeto de espaço de coworking recém-inaugurado na Tailândia

A onipresente tubulação turquesa que serpenteia o Hubba-to, espaço de coworking recém-inaugurado em Bangkok, na Tailândia, é a prova de que o maior desafio de um projeto pode ser transformado em seu grande trunfo. “Nós, designers, estamos sempre lutando com as instalações elétricas. Aqui, decidimos extrapolar, utilizando até mais canos do que realmente seria necessário, porém dando a eles um desenho com valor ornamental na composição do ambiente”, explicam os autores da proposta, Yupadee Suvisith e Pitupong Chaowakul, do tailandês Supermachine Studio.

A inspiração para criar a hipnotizante malha de conduítes metálicos veio do logotipo da empresa, que brinca com diversas linhas conectadas para transmitir o espírito do empreendimento: mais do que um local de trabalho coletivo, onde desconhecidos tocam seus negócios lado a lado, a ideia do Hubba-to é ser um ponto de encontro em que freelancers, artistas e empreendedores em geral possam se conectar, trocar experiências, desenvolver parcerias e, consequentemente, ampliar a rede de relacionamentos e os negócios. Tudo isso em um ambiente divertido e propício à efervescência de ideias.

Leia mais