Prefeitura de Olinda, em Pernambuco, adota salário mínimo profissional para arquitetos

Prefeitura de Olinda, em Pernambuco, adota salário mínimo profissional para arquitetos

A Prefeitura de Olinda, em Pernambuco, publicou no dia 30 de agosto a Lei Municipal 6.005/2017 que determina aos servidores arquitetos e urbanistas o salário mínimo profissional previsto na Lei Nº 4950-A/66. A medida irá beneficiar cerca de 21 profissionais que atuam em órgãos municipais.

Leia mais

Concurso vai selecionar projeto de modernização e restauração do Museu do Ipiranga, em São Paulo

Concurso vai selecionar projeto de modernização e restauração do Museu do Ipiranga, em São Paulo

A Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (FUSP), em parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB/SP) e com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/SP), publicou o edital do Concurso Nacional de Arquitetura para seleção do estudo preliminar e futura contratação do projeto de restauração e modernização do Edifício-Monumento do Museu Paulista da USP, conhecido como Museu do Ipiranga, o mais antigo de São Paulo.

A edificação completou no dia 7 de setembro 195 anos e está fechada desde 2013 devido a identificação de risco de queda de parte do forro, resultando em diversas interversões estruturais. O Edifício-Monumento foi projetado no final do século XIX por Tommaso Gaudenzio Bezzi e é tombado pelos órgãos de patrimônio nas instâncias municipal, estadual e federal.

Leia mais

Codhab-DF lança concurso para projeto de arquitetura e urbanismo no Setor Habitacional Pôr do Sol, em Ceilândia

Codhab-DF lança concurso para projeto de arquitetura e urbanismo no Setor Habitacional Pôr do Sol, em Ceilândia

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF) está com inscrições abertas até o dia 29 de setembro para o Concurso Público Nacional de Projetos de Urbanismo e Arquitetura no Setor Habitacional Pôr do Sol, em Ceilândia, no Distrito Federal. As propostas deverão contemplar aspectos como planejamento urbano, mobilidade, infraestrutura, paisagismo e arquitetura das unidades habitacionais e equipamentos públicos comunitários.

“Deverá ser proposto um desenho urbano para uma área desocupada na qual serão instalados até 4.963 habitantes e 1.518 unidades habitacionais, com o intuito de qualificar o espaço urbano, criar melhores e mais favoráveis condições de vida aos futuros moradores e conceder-lhes o direito à cidade”, diz o edital da competição.

Leia mais