Arquitetos e urbanistas de Minas Gerais podem apresentar projetos ao Corpo de Bombeiros pela internet

Arquitetos e urbanistas de Minas Gerais podem apresentar projetos ao Corpo de Bombeiros pela internet

Os profissionais com registro no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) podem desde setembro apresentar digitalmente os projetos das edificações para receber o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) na região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. O protocolo, a aprovação, a vistoria e a liberação da autorização podem ser pedidos por meio do Sistema de Informações do Serviço de Segurança Contra Incêndio e Pânico (Infoscip), implantado em 2012.

Leia mais

Sócios do escritório B&L Arquitetura vencem 12º Prêmio Arquiteto e Urbanista do Ano, da FNA

Sócios do escritório B&L Arquitetura vencem 12º Prêmio Arquiteto e Urbanista do Ano, da FNA

Os arquitetos e urbanistas do B&L Arquitetura, Maria Edwiges Sobreira Leal e Eduardo Beggiato, são os grandes vencedores do 12º Prêmio Arquiteto e Urbanista do Ano, promovido pela Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA). O anúncio ocorreu na última segunda-feira (2) após reunião do Conselho Consultivo da entidade em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Os profissionais são responsáveis por projetos como a revitalização e reforma da Praça da Estação, em Belo Horizonte, e o do sistema de Bus Rapid Transit (BRT) entre as avenidas Paraná e Santos Dumont, também na capital mineira. Este último trata-se da implantação de seis estações de embarque, de soluções de acessibilidade para pedestres e ciclistas, bem como a requalificação dos espaços públicos.

Leia mais

Encravado no topo de um mirante entre verdes montanhas da capital mineira, complexo cervejeiro se destaca pelo traçado arquitetônico inventivo e envolvente de Gustavo Penna

Encravado no topo de um mirante entre verdes montanhas da capital mineira, complexo cervejeiro se destaca pelo traçado arquitetônico inventivo e envolvente de Gustavo Penna

No princípio, eram dois elementos primordiais: um cenário de tirar o fôlego e um briefing que apontava para a criação de um ambiente propício tanto à produção quanto ao consumo de cervejas artesanais de alta qualidade. Entrelaçar essas duas pontas e amarrá-las com o desejo de surpreender os visitantes com uma miríade de experiências sensoriais foi o trabalho empreendido pelo arquiteto Gustavo Penna (GPA&A) ao projetar o Ateliê Wäls, novo complexo da cervejaria mineira que firmou parceria com a Ambev em 2015.

O local escolhido para a implantação do espaço foi um antigo galpão fabril, acomodado no topo de um dos idílicos morros do bairro Olhos D’Água, em Belo Horizonte, razão pela qual privilegiar a paisagem foi o ponto de partida. “A cidade, vista assim do alto, mais parece um céu no chão”, pontua o arquiteto, citando a canção de Paulinho da Viola para justificar o fechamento envidraçado que envolve a construção de 1.900 m² distribuídos em três pavimentos.

Leia mais

Notícias do mundo da arquitetura

Aflalo/Gasperini entrega projetos alinhados com o plano diretor de São Paulo

Premiado no início deste ano pela ONU Habitat, o plano diretor de São Paulo, aprovado em 2014, tem inspirado bons exemplos. Alinhado com suas diretrizes, o escritório Aflalo/Gasperini entrega em agosto o projeto de uso misto Urbanity  2  . Sem muros ou grades, o empreendimento é a combinação de uma torre corporativa, com maior presença junto à Marginal Pinheiros, e uma torre residencial mais afastada, a 50 metros de distância. Detalhe: nessa área de recuo, os arquitetos projetaram uma praça de 45 m x 45 m, aberta à comunidade. Nas torres, foram usadas placas que destacam sua verticalidade. Na cobertura do edifício corporativo, essas placas se sobressaem formando um pórtico que enquadra a pele de vidro. No térreo do conjunto, a equipe trabalhou com pilotis; e os halls, a uma altura de 10 m, dão a sensação de imponência.

Anterior à aprovação do plano – mas já em sintonia com suas normas -, o projeto do Condomínio Residencial Habitarte  3  é outro exemplo. Nele, a equipe do Aflalo/Gasperini idealizou dois edifícios conectados tanto no térreo – através da vitrine dos halls de elevadores – quanto na cobertura, onde ficam as áreas de lazer de uso comum. Entre os dois prédios, uma escultura de 60 m, dos Irmãos Campana, enriquece a paisagem dos moradores e da população que transita pelas ruas do entorno.

Outros dois projetos recentes do escritório também contemplam as regras do plano diretor. Na região da Avenida Brigadeiro Faria Lima, o FL430  4  conta com uma grande praça, da qual fazem parte um edifício comercial e um residencial. Juntas, as duas edificações somam quase 70 mil m² de área construída. Já o conjunto Limited Funchal  1  , na Vila Olímpia, reúne dois volumes envoltos em pele de vidro que também abrigam unidades residenciais e comerciais. O uso misto do projeto está no térreo das unidades dúplex, que dispõem linearmente sete salões comerciais abertos ao grande calçadão de fluxo de pedestres.

Famoso cartão-postal do mundo passará por reformas, no Rio de Janeiro

Construída em 1884, a estação do Trem do Corcovado, no Cosme Velho, Rio de Janeiro, vai ser reformada. Para isso, serão demolidos banheiros, lojas, salão de eventos e todas as outras construções feitas no local  5  nos últimos anos que alteraram o projeto arquitetônico original, preservando-se apenas o prédio histórico. Responsável pela obra, o escritório carioca AAA_Azevedo terá como foco principal a recuperação da volumetria e dos elementos originais da edificação histórica, além da criação de uma solução eficiente para o fluxo de passageiros no embarque e desembarque dos trens  6  . O projeto já foi aprovado pela prefeitura carioca e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac). O orçamento é estimado em R$ 9 milhões e a obra tem previsão de início ainda neste ano.

Todos Arquitetura assina projeto de empresa musical em Belo Horizonte

O escritório do Studio Sol,  7  no bairro Savassi, em Belo Horizonte, é rico em detalhes que deixam clara a vocação musical da empresa. Localizado no 22o andar, o espaço tem 500 m² de área, vista panorâmica de 360 graus e ambiente com guitarras, pratos e pandeiros pendurados no teto como decoração inspiracional  8  , por exemplo. O projeto é assinado pela equipe do escritório paulistano Todos Arquitetura, com coautoria do arquiteto Guto Requena. Considerando que o Studio Sol comanda os sites de música Cifra Club, Letras.mus.br e Palco MP3, o espaço foi dividido em três áreas principais: a de staff, com cinco mesas de uso coletivo ocupadas pelas equipes do estúdio; a de descompressão, com copa e banheiros; e a de salas fechadas para equipes de marketing, setor financeiro e diretoria.

O projeto inclui ainda um sistema de automação, que controla a luminosidade, a trilha sonora, as cortinas, o acesso e o ar-condicionado. Outro detalhe interessante são os banheiros  9  responsivos em relação ao consumo de água. “Uma tela tensionada com a história do Studio Sol em linguagem de programação é iluminada por um sistema de LED RGB, que indica o nível de consumo”, explica a arquiteta Lais Delbianco. Quando o consumo de água está alto, a luz fica vermelha. Luz amarela sugere estado de atenção, e verde indica que está tudo bem. “Dessa forma, o projeto prioriza a interação do indivíduo com a arquitetura, o que gera uma consciência ambiental do uso dos espaços”, afirma Lais.

FGMF recebe dupla premiação em concurso internacional

O escritório paulistano FGMF Arquitetos teve dois projetos premiados na 5a edição do Best Interiors of Latin America and the Caribbean Competition, evento realizado pela Associação Internacional de Design de Interiores (IIDA), para homenagear obras que se destacam pela originalidade na região. O projeto Casa do Mirante  10  venceu na categoria Residences – Single Family. Já na categoria Retail, venceu o projeto da Loja Líder, localizada no Jardim América, em São Paulo.

Restaurante em Mônaco passa por remodelação contemporânea

Instalado no Hôtel de Paris Monte-Carlo, em Mônaco, o restaurante Le Grill foi reformado e reabre as portas exibindo visual contemporâneo. Com terraço expandido e visão ampliada para o mar  11  , ele agora conta com a sala de jantar Winston Churchill. Batizada em homenagem ao político inglês, o espaço  12  pode ser privativo e tem capacidade para até 18 pessoas. Já na sala de jantar principal, o destaque é o balcão de granito preto. A renovação do Le Grill foi feita pelo arquiteto Richard Martinet e pela agência Affine Design, em parceria com o Departamento de Design da Mont-Carlo Société des Bains de Mer.

Design da aviação brasileira é destaque em exposição em São Paulo

Em parceria com o Instituto Embraer, o Museu da Casa Brasileira inaugurou uma exposição que homenageia o design da aviação nacional. Logo na entrada, o público visualiza uma linha do tempo que apresenta a história da aviação no país. Há modelos tridimensionais de aeronaves em escala 1:50 desde 1709 até 2017. A primeira sala da exibição é dedicada ao processo de criação das aeronaves  13  , onde estão expostos desde os desenhos preparatórios dos aviões, feitos a mão em papel vegetal, até os sistemas virtuais de um projeto, incluindo vídeos de ensaios, modelos e documentação fotográfica. Em outra sala, é possível conhecer peças em dimensão real  14  , além de componentes de aeronaves de modelos menores. A visita termina com uma experiência em realidade virtual, através de projeção. Um simulador permite ao visitante explorar o espaço interno do modelo KC-390, novo avião militar multimissão da Embraer. A exposição fica em cartaz até o dia 20 de agosto.

Eixo Platina promete transformar a Zona Leste de São Paulo

A aspiração de transformar o bairro do Tatuapé  15  em um centro comercial, residencial e de lazer para os habitantes da Zona Leste levou a Porte Engenharia a investir no Eixo Platina  16  , empreendimento que já segue os conceitos do plano diretor da cidade de São Paulo. Composto de oito torres, o Eixo Platina está sendo implantado ao longo de um trecho de três quilômetros, que se inicia na estação de metrô Belém e segue até a estação Carrão. O espaço terá prédios corporativos, residenciais e hoteleiros, além de lojas e um teatro. Serão 310 mil m² de área construída, com investimentos que somam R$ 1,5 bilhão.

“O Eixo Platina vai permitir que mais empresas se estabeleçam no bairro, gerando novos postos de trabalho e aumentando a oferta de salas comerciais para atender profissionais liberais”, avalia André Coletti, responsável pela área de incorporação e novos negócios da Porte. “Hoje, a oferta de lajes corporativas é praticamente inexistente na região.” A entrega do empreendimento está prevista para 2022.