Shure inaugura sede brasileira em São Paulo projetada pela Perkins + Will

Shure inaugura sede brasileira em São Paulo projetada pela Perkins + Will

A Shure, empresa do setor de microfones e soluções de áudio, inaugurou em setembro sua primeira filial na América-Latina no edifício Vista Faria Lima, em São Paulo. Com projeto do escritório americano Perkins + Will, que também atua no Brasil, o local possui soluções acústicas que utilizam materiais e sistemas de áudio e vídeo da própria marca.

“Neste projeto desenvolvemos para sede um ‘open space’ colaborativo, potencializando a luz natural e a vista privilegiada que há no andar. Também criamos espaço para eventos e treinamentos, showroom, salas de reuniões, escritórios, espaços de descompressão e um café estrategicamente localizado para integrar a área de trabalho aos demais espaços”, explicou Fernando Vidal, da Perkins+Will.

Leia mais

Com uma variedade cada vez maior, os pisos para espaços corporativos precisam atender a algumas exigências, a fim de simplificar a manutenção e evitar problemas de acústica e desgaste

Com uma variedade cada vez maior, os pisos para espaços corporativos precisam atender a algumas exigências, a fim de simplificar a manutenção e evitar problemas de acústica e desgaste

Aspectos como intensidade de circulação de pessoas, rotina de limpeza e perfil da empresa não são os únicos fatores essenciais para acertar na escolha do piso do escritório. ‘Em obras corporativas é comum ter uma parte da infraestrutura de dados, elétrica e hidráulica passando pelo piso. Por isso, dependendo do material escolhido, você acaba inviabilizando a manutenção e o acesso a essas infraestruturas’, alerta o arquiteto Bruno Moraes. Seguindo essa orientação, vale tomar a decisão certa no início do projeto, por causa dessas interferências, o que ajuda a definir como serão passadas as infraestruturas e onde serão as áreas molhadas, molháveis e secas.

Espaços corporativos requerem flexibilidade, já que a dinâmica de mudança da estrutura da empresa é constante, seja por crescimento, seja por diminuição do número de colaboradores ou mudanças estruturais. ‘Nesse caso, o piso escolhido deve levar em conta essa dinâmica’, comenta a arquiteta Marcia Sakima, da Ufficcio Arquitetura e Engenharia, que enumerou outros pontos importantes:

Leia mais