Guto Requena ganha CODA Awards com projeto do Pavilhão Dançante

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb

O arquiteto e designer Guto Requena venceu o CODA Awards 2017, na categoria Hospitalidade, com o projeto do Pavilhão Dançante, projetado para a Olimpíada de 2016 no Rio de Janeiro. Em maio, o projeto também ganhou o Prêmio Prix Versailles 2017 na categoria Especial Exterior.

Desenvolvido para ser um local de eventos como festas, danças, DJs e apresentações, o edifício foi instalado no Parque Olímpico da Barra. Sua fachada contava com 500 espelhos que se movimentavam de acordo com as batidas e os movimentos captados pelos sensores internos na pista de dança.

Durante a luz do dia, o projeto era capaz de criar imagens gráficas, com jogo de luzes e sombras projetadas no chão e no entorno. À noite, as luzes eram direcionadas para fora, trazendo toda a atenção para a entrada do Parque Olímpico.

O projeto é resultado de dez anos de pesquisa sobre arquitetura híbrida, unindo o mundo real e o virtual e utilizando a tecnologia interativa para transformar a percepção do espaço.