Workshop sobre design paramétrico terá arquitetos do Zaha Hadid Architects no Rio de Janeiro

Durante os dias 1º e 9 de setembro, o Laboratório de Atividades do Amanhã (LAA) do Museu do Amanhã irá receber o primeiro workshop da Architectural Association School of Architecture (Londres), lecionado pela AA Visiting School Rio de Janeiro, por professores do departamento de computação do CO|DE da Zaha Architects e com parceria da escola de arquitetura, design e engenharia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

Os participantes vão aprender durante os nove dias habilidades computacionais, como ferramentas de modelagem digital avançada, programação e habilidades paramétricas em Rhino/Grasshopper, além de fabricação como programação e preparação de arquivos que serão cortados, usinados e moldados pela fresadora CNC, máquina de corte a laser e impressora 3D.

Todo o trabalho desenvolvido na oficina, a geração de protótipos para um pavilhão e o mobiliário urbano deverá conter uma harmonia com o ambiente em que será inserido, no caso o Museu do Amanhã, onde todos os projetos vão ficar expostos para que os visitantes possam interagir com o assunto proposto durante todo o workshop.

A iniciativa é voltada a interessados nas áreas de design, comportamento, fabricação digital, cenografia, arquitetura e ecologia, com ou sem experiência. São exigidos requisitos mínimos para a participação do workshop, como saber se comunicar em inglês; possuir notebook próprio e realizar o pagamento da taxa de inscrição. Não é necessária experiência. As inscrições podem ser realizadas clicando aqui.

Confira a programação:

1º a 3 de setembro

Workshop intensivo de computação focado em modelagem digital e desenho paramétrico.

4 a 6 de setembro

Trabalhos individuais e/ou em equipes para desenvolver propostas projetuais paramétricas, produzindo protótipos de estudo em escala reduzida + início da fabricação do mobiliário (S) na escala 1:1.

7 a 9 de setembro

Participantes trabalham em equipes para fabricar o protótipo de um mobiliário na escala 1:1.

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb.