David Chipperfield Architects assina projeto de filial do Centro Pompidou na China

O escritório David Chipperfield Architechts divulgou recentemente o projeto desenvolvido para a nova filial do Centro Pompidou em Xangai, na China. A arquitetura visa criar um lugar especial aos visitantes, permitindo a conexão com o parque e com vista privilegiada das margens do rio Huangpu.

Com área construída de 25 mil m², o projeto conta com três edifícios de 18 metros de altura, que terá suporte para receber cerca de 20 exposições durante os cincos anos do acordo entre a China e França, que tem início previsto para 2019.

Posicionadas estrategicamente nos lados norte, sul e oeste do terreno, as galerias permitem a iluminação indireta do local e as janelas dos pisos superiores oferecem vista do centro de Xangai, do parque verde e da orla. Devido ao posicionamento das galerias, ao centro é formado um saguão de três pavimentos com átrio central e pé direito triplo, que conta com um café com vista para o rio e um terraço que permite a interligação do átrio superior ao pátio rebaixado.

Localizado na área central do Xuhui Waterfront Public Open Space, o projeto foi iniciado no final de 2016 e a obra tem previsão de conclusão para o final de 2018.

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb.