Os profissionais que assinaram os projetos publicados na edição

Sonhar e projetar
Massimiliano Fuksas 1 – que conduz o Studio Fuksas ao lado da esposa, a também arquiteta Doriana Fuksas 2 – é conhecido por suas estruturas audaciosas e formas escultóricas. Mais do que isso: há quem diga que Massimiliano não desenha volumes arquitetônicos; em vez disso, pinta paisagens poéticas em três dimensões. Os mais de 600 projetos concebidos pelo escritório italiano nos últimos 40 anos incluem marcos que vão desde os centros desportivos de Anagni e Paliano, na região do Lácio, de 1985, até o Aeroporto Internacional de Shenzhen Bao’na, na China, de 2013. Atualmente, o Studio Fuksas possui uma equipe de cerca de 170 profissionais, atua nos cinco continentes e conta com sedes em Roma, Paris e Shenzhen.

1. Moreno Maggi / 2. Gianmarco Chieregato

Contemporânea e única 
Criar uma arquitetura única e contemporânea, que preze pelos detalhes e explore distintas atmosferas. Esse é apenas um dos objetivos do escritório Aleph Zero, fundado em 2012 pelos arquitetos Gustavo Utrabo e Pedro Duschenes 3 , ambos formados em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Apesar de jovem, o escritório já atua em diversas áreas, criando mobiliários, exposições, esculturas, monumentos e arquitetura com temas e escalas distintos, para clientes do setor público e privado, como Airbnb, YouTube e Fundação Bradesco. Em 2010, o Aleph Zero foi selecionado entre os dez principais escritórios de arquitetura contemporânea do Brasil pela revista Wallpaper. O projeto da cobertura do vão central do Mercado Público de Florianópolis, SC, feito pela dupla, venceu em 2013 o concurso nacional promovido pelo Instituto de Planejamento Urbano (Ipuf), em parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil de Santa Catarina (IAB-SC).

Estação de convivência
Grupo internacional de engenharia, consultoria, estruturação de projetos e serviços de operação, a Egis 4 se estabeleceu no Brasil com a aquisição e integração, consolidada em 2015, de três empresas do mesmo segmento – Vega, Aeroservice e Lenc. Desta última, a Egis herdou não só o projeto em andamento de um dos trechos do Corredor Noroeste, realizado pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), mas também a equipe de arquitetura que assina os terminais e demais intervenções relacionados a essa obra. Da esq. para a dir.: Betina Lorenzetti (autora), Andréia Marchionno Felipe (colaboradora), Sandra Bastos Planello Chiaverini (autora), Ricardo Gaspari (autor), Edilson Santos (colaborador), Paulo Serra (diretor da Egis) e Lila Esther D’Alessandro (autora).

4. Divulgação

Efeito bumerangue
A Perkins+Will é uma empresa de arquitetura interdisciplinar estabelecida sob o princípio de que o design tem o poder de transformar vidas. Com projetos premiados anualmente, é reconhecida como uma das principais empresas do setor, devido a sua expertise, a pesquisas inovadoras e a ferramentas de ponta. Atuaram no projeto da sede da SulAmérica Fernando Vidal 5 (sócio e managing director), Douglas Tolaine 6 (sócio e senior project designer), Ricardo Baddini, Alice Uemoto, Fabiana Camargo, Carla Fernandes e Erica Sanches.