Presidência da República sanciona lei que cria o Dia Nacional do Arquiteto e Urbanista

Presidência da República sanciona lei que cria o Dia Nacional do Arquiteto e Urbanista

Após pleito do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), a Presidência da República sancionou no dia 16 de janeiro a Lei 13.627/2018, que torna 15 de dezembro o Dia Nacional do Arquiteto e Urbanista. A data coincide com o nascimento do maior arquiteto brasileiro, Oscar Niemeyer.

Para o presidente do CAU/BR, Luciano Guimarães, a ação mostra a importância da profissão na construção do habitat humano; no planejamento e desenvolvimento das cidades brasileiras, tornando-as inclusivas e sustentáveis; e na organização do território nacional.

Leia mais

Concurso de ideias para estudantes premia projeto de abrigo individual portátil

Concurso de ideias para estudantes premia projeto de abrigo individual portátil

O portal Projetar.org lançou seu 24º concurso de ideias para estudantes de arquitetura e urbanismo, que desta vez busca o projeto de um abrigo individual portátil destinado à desabrigados. As inscrições vão até o dia 19 de fevereiro.

“O atual processo de urbanização das cidades está ligado com a incapacidade mundial em resolver um problema crônico tratado como invisível: o aumento da população sem teto, ou desabrigada. Tendo em vista a dificuldade de sanar o déficit habitacional e a gravidade da situação em que encontram os desabrigados, é necessário e relevante pensar em soluções emergenciais que ao menos diminuam seu sofrimento e melhorem sua condição básica de existência”, diz a competição.

Leia mais

Novas diretorias dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo são eleitas em todo o País

Novas diretorias dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo são eleitas em todo o País

Além da eleição de Luciano Guimarães para a presidência do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), em janeiro também estão sendo escolhidas as novas diretorias da entidade para a gestão 2018-2020 em todos os estados do País. Até agora, só não foram selecionados os diretores para o Pará, Rondônia e Roraima.

As entidades possuem até duas Vice-Presidências, a depender de previsão no respectivo Regimento Interno. O CAU/RJ é exceção ao padrão e tem quatro Vice-Presidências, sem ordem de precedência – na ausência do presidente, assume a(o) vice-presidente mais idoso(a).

Leia mais

Luciano Guimarães é o novo presidente do CAU/BR

Luciano Guimarães é o novo presidente do CAU/BR

O arquiteto e urbanista Luciano Guimarães, do Ceará, foi eleito nesta quinta-feira (11) presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) para a gestão 2018-2020. Ele concorria com Lana Jubé, de Goiás, e Jeferson Navolar, do Paraná.

Guimarães é formado em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (UFC) em 1973, com especialização em Patrimônio Histórico pela Universidade de São Paulo (USP) e especialização em planejamento local e desenvolvimento regional pela Universidade de Barcelona, na Espanha. Por ser o conselheiro federal mais velho do CAU/BR, ele havia assumido a presidência interina da entidade no último dia 2.

Leia mais

Concurso público busca projeto para área de 100 km da orla do Lago Paranoá, em Brasília

Concurso público busca projeto para área de 100 km da orla do Lago Paranoá, em Brasília

Estão abertas até 23 de fevereiro as inscrições para o concurso de projeto para a orla do Lago Paranoá, lançado em dezembro pelo Governo de Brasília. O objetivo é selecionar projetos arquitetônicos, urbanísticos e paisagísticos que indiquem usos, atividades e a configuração do espaço à margem do reservatório. O valor do contrato está estimado em R$ 2,5 milhões, cujos recursos virão do Fundo de Desenvolvimento Urbano do Distrito Federal (Fundurb).

“Esperamos um projeto conceitual, integrador, que amarre os 109 quilômetros da orla em um só conceito, de alta qualidade técnica e vanguarda artística”, afirmou Thiago de Andrade, secretário de Habitação.

Leia mais

Hereñu + Ferroni Arquitetos vence concurso para modernização do Museu do Ipiranga, em São Paulo

Hereñu + Ferroni Arquitetos vence concurso para modernização do Museu do Ipiranga, em São Paulo

O escritório Hereñu + Ferroni Arquitetos Ltda foi o vencedor do Concurso Nacional de Arquitetura para o estudo preliminar e futura contratação do projeto de restauração e modernização do Edifício-Monumento do Museu Paulista da Universidade de São Paulo (USP), conhecido como Museu do Ipiranga, o mais antigo de São Paulo. A competição foi promovida pela Fundação de Apoio à USP (FUSP), em parceria com o Departamento de São Paulo do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB/SP) e com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo (CAU/SP).

A edificação completou 195 anos no dia 7 de setembro de 2017 e está fechada desde 2013 devido a identificação de risco de queda de parte do forro, resultando em diversas interversões estruturais. O Edifício-Monumento foi projetado no final do século XIX por Tommaso Gaudenzio Bezzi e é tombado pelos órgãos de patrimônio nas instâncias municipal, estadual e federal.

Leia mais